Imagem chamada

Padrão HDR10+ ganha programa de licenciamento e deve aparecer em mais TVs

O padrão é livre de royalties, sendo um grande competidor do Dolby Vision

O consórcio responsável pelo desenvolvimento do HDR10+ anunciou um novo programa de licenciamento para o padrão de imagem. Com isso, as fabricantes que adotarem a tecnologia, que é livre de royalties, poderão colocar um logo indicando a presença de HDR10+ em seus produtos.

Segundo as novidades da iniciativa, agora as fabricantes possuem acesso facilitado para colocar o HDR10+ em seus produtos e passar pelos testes de qualidade.

Como o padrão é desenvolvido por empresas como Samsung e Panasonic, possivelmente teremos Smart TVs, smartphones e outros dispositivos das fabricantes trazendo o selo de aprovação do HDR10+ futuramente.

A novidade promete ser uma pedra no sapato da Dolby, que possui o padrão Dolby Vision, que é amplamente utilizado atualmente e traz especificações mais altas que o HDR10+, mas possui uma taxa para uso e implementação.

Além de um ser pago e outro gratuito, a principal diferença entre os padrões está na palheta de cores: enquanto o HDR10+ possui profundidade de 10-bit, a tecnologia da Dolby conta com 12-bit. Além disso, o padrão com royalties também conta com brilho de até 10.000 nits.

Agora, resta esperar para ver se o mercado vai começar a adotar cada vez mais o novo padrão aberto. Se levarmos em conta as empresas que apoiam o formato, possivelmente teremos produtos com o selo de qualidade HDR10+ no mercado em breve.

Via: Engadget

Eletrônicos inteligentes ainda não são tão populares, diz pesquisa

Preço altos são principal empecilho


Microsoft Edge já foi baixado mais de um milhão de vezes no Android


Qualcomm e Hatch Entertainment apresentam tecnologia de games na nuvem para dispositivo móveis

Promessa é de oferecer games de alta qualidade através de streaming


MediaTek está otimizando chip Helio P60 para inteligência artificial

Empresa vai atualizar processador topo de linha para novas aplicações


Xiaomi lançará dois smartphones com o chip Qualcomm Snapdragon 670 [Rumor]

Sucessor do Snapdragon 660 deve ser apresentado em maio