Imagem chamada

Xiaomi anuncia Redmi 6 e Redmi 6A, smartphones do segmento de entrada

Ambos com desbloqueio de tela por reconhecimento facial

A Xiaomi está anunciando dois novos smarpthones de segmento de entrada, o Redmi 6 e o Redmi 6A

O Xiaomi Redmi 6 tem uma tela de 5.45" HD+ (720x1440) tela IPS de 18:9. O aparelho carrega um Helio P22, processador octa-core com 2GHz feito em 12nm pela Media Tek. Sua bateria é de 3000 mAh.

O Redmi 6 terá duas versões mudando a configuração das memórias, uma de 3GB de RAM com 32GB de armazenamento e outra de 4GB com 64GB. Ambos com a possibilidade de utilizar um microSD

Ele tem duas câmeras traseiras (12MP + 5MP) e uma de 5MP para selfies na frontal. Ele também tem reconhecimento facial para desbloqueios e dá a opção de utilizar o leitor de digitais. 

Já o Xiaomi Redmi 6A traz o mesmo corpo do primeiro modelo mas tem algumas alterações no hardware, ele é ligeiramente mais modesto. 

Ele virá com um chipset para Helio A22, também de 12nm mas com quatro núcleos em vez de oito. Ele também terá 2.0GHz e terá 2GB de RAM acompanhado de 16GB de armazenamento. 

03/04/2018 às 12:41
Vídeo

Análise em vídeo: Xiaomi Mi Note 3

O aparelho ideal para quem acha que a tela do Mi 6 não é grande o bastante

A câmera é única, com 13MP e a frontal de 5MP. Como ele também virá com MIUI 10, o reconhecimento facial também estará presente nele. Uma das grandes diferenças é que o usuário poderá utilizaro leitor de digitais, ausente neste modelo. 

A versão 3GB/32GB do Redmi 6 está com preço inicial de U$125 e sua variante de 4GB/64GB está custando cerca de U$155. Já o Redmi6A poderá ser encontrada pelo preço de lançamento de U$95. Os dois começam a ser vendidos em 15 de junho na China. 

Via: GSMArena

Western Digital apresenta cartão microSD para vigilância ininterrupta

WD Purple é projetado para trabalhar com câmeras 4K e com IAs de segurança


Nokia corta empregos na Finlândia e pode fechar divisão de vestíveis para saúde

Empresa investiu US$ 191 milhões no setor em 2016


Qualcomm lança o Snapdragon 850 para notebooks ultraconectados com Windows

Mais performance vai dar fôlego extra em softwares pesados


Huawei apresenta o MateBook X Pro, notebook com a webcam no teclado

Produto também impressiona pelas bordas finas na tela


Intel é investigada por discriminação ao demitir funcionários mais velhos

Empresa demitiu 2.300 funcionários entre 2016 e 2017