Para economizar com resfriamento, Microsoft instala servidor no fundo do mar

Para economizar com resfriamento, Microsoft instala servidor no fundo do mar

Empresa ativou o primeiro servidor do projeto Natick

A Microsoft ativou seu primeiro data center que faz parte do projeto Natick, iniciativa em que a empresa instala unidades dentro do mar. O data center foi instalado na Escócia durante esta semana e é o fruto de pesquisas feitas durante anos pelas companhia.

O objetivo do projeto Natick é cortar gastos com resfriamento, um dos principais problemas quando o assunto são servidores. Como o fundo do mar costuma ser extremamente frio, a baixa temperatura auxilia a manter os servidores estáveis e sem grandes gastos com energia.

No primeiro container do projeto Natick, a Microsoft submergiu um conjunto com mais de 850 servidores alimentados por 1 megawatt de energia, que vem de fontes renováveis como painéis solares e geradores eólicos.

Para sobreviverem submersos no oceano, os servidores estão "enlatados" em uma cápsula pressurizada e com diversos sensores de monitoramento, que visam acompanhar a saúde do produto e também do ambiente ao ser redor.

Segundo a Microsoft, além de cortar gastos, o sucesso do projeto pode acelerar a implementação de mais servidores ao redor do mundo, o que tornaria o acesso aos serviços conectados mais eficiente.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Big Think
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Procurando um celular bom, bonito e barato? O OnePlus Nord 2 5G pode ser uma boa opção

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.