Amazon anuncia Fire TV Cube com controle por voz

Amazon anuncia Fire TV Cube com controle por voz

Dispositivo conta com assistente pessoal Alexa incorporada

A Amazon anunciou um novo produto chamado Amazon Fire TV Cube, que combina o alto-falante inteligente Amazon Echo e o set-top box de streaming Amazon Fire TV com controle remoto universal. A empresa já tinha feito um anúncio misterioso em abril sobre a Fire TV Cube, mas não forneceu nenhuma informação sobre o dispositivo na época. 


O novo produto da Amazon pode substituir um alto-falante inteligente em salas com TV, funcionando como um dispositivo 2 em 1 realmente prático. Assim como os dispositivos Amazon Echo, a Fire TV Cube pode executar comandos com a Alexa, além de controlar as funções de streaming da TV igualmente por voz.

A Amazon Fire TV Cube suporta conteúdos 4K Ultra HD de até 60 quadros por segundo, tecnologias HDR e Dolby Atmos. Os envios do novo produto começam no dia 21 de junho e já está disponível em pré-venda nos Estados Unidos por US$ 119,99.

Via: GSM Arena
Smart TV 4K da Nokia deve ser lançada em dezembro na Índia

Smart TV 4K da Nokia deve ser lançada em dezembro na Índia

Com 55 polegadas, a TV da Nokia virá com Android 9 instalado


Honor V30 será lançado no dia 26 de novembro com duas câmeras selfie e 5G

Honor V30 será lançado no dia 26 de novembro com duas câmeras selfie e 5G

O smartphone terá conjunto triplo de câmeras na traseira


O Razr 2019, smartphone dobrável da Motorola, vai ser lançado hoje

O Razr 2019, smartphone dobrável da Motorola, vai ser lançado hoje

O smartphone já foi homologado pela Anatel para ser vendido no Brasil


Hisense apresenta KingKong 6, smartphone com bateria gigante de 10010mAh

Hisense apresenta KingKong 6, smartphone com bateria gigante de 10010mAh

Aparelho utiliza uma capinha para atingir a quantia, sozinho ele tem 5510mAh


SpaceX lança ao espaço 60 satélites Starlink para oferecer internet espacial

SpaceX lança ao espaço 60 satélites Starlink para oferecer internet espacial

Projeto de internet global da empresa vai precisar de 12 mil satélites em órbita