Imagem chamada

Pesquisadores querem utilizar drones para detectar violência em multidões

Pesquisa utiliza inteligência artificial, mas ainda está em fases iniciais

Os drones constantemente são utilizados como uma ferramenta de segurança e uma pesquisa chamada "Eye in the Sky" pretende utilizar os dispositivos voadores para combater a violência em locais com multidões.

O projeto está sendo desenvolvido por cientistas do Reino Unido e da Índia e utiliza um drone Parrot AR, que custa cerca de US$ 200. O quadricóptero grava imagens que são processadas por uma inteligência artificial capaz de reconhecer atos de violência em tempo real.

A IA foi treinada para reconhecer ações como estrangulamento, socos, chutes e esfaqueamentos. Quando o drone capta imagens em meio a multidão que batem com os padrões conhecidos, as pessoas envolvidas são destacadas no vídeo, o que facilita a identificação.

Amarjot Singh, o chefe de pesquisa, enfatiza que a tecnologia ainda está dando seus primeiros passos e precisa ser aprimorada. Nos testes iniciais, o software teve 94% de sucesso ao identificar brigas, mas o número de acertos diminuiu quando mais pessoas estavam presentes na cena.

O objetivo dos pesquisadores é evoluir a tecnologia para ser utilizada em locais como estádios de futebol e eventos de grande porte, visando combater crimes e atos terroristas.

O projeto recebeu críticas por causa das questões de vigilância, mas como o desenvolvimento ainda está em fases iniciais, possivelmente teremos uma regulamentação mais aprofundada para tecnologias do tipo até que o Eye in The Sky saia do papel.

Via: The Verge

Desculpem o atraso: Verizon irá enviar Daydream VR de graça para compradores do Google Pixel


Carro elétrico Polestar 1 é apresentado no Salão de Genebra

Nova marca de veículos elétricos revela seu primeiro modelo


FBI, CIA e NSA aconselham que cidadãos dos EUA não usem smartphones da Huawei

Alerta é emitido perto do lançamento oficial do Mate 10 Pro no país


Folha de S.Paulo desiste de publicações no Facebook após mudanças na rede social

Rede social passou a dar ênfase a publicações de amigos em janeiro


LG G7 ThinQ pode chegar com botão exclusivo para a Google Assistant [Rumor]

LG deve investir pesado em IA no seu novo topo de linha