Western Digital apresenta cartão microSD para vigilância ininterrupta

Western Digital apresenta cartão microSD para vigilância ininterrupta

WD Purple é projetado para trabalhar com câmeras 4K e com IAs de segurança

A Western Digital apresentou seu novo cartão microSD WD Purple, que chega para ser usado no armazenamento de dados de sistemas de segurança modernos. De acordo com a empersa, o produto é pensado para trabalhar com vídeos em resoluções até 4K Ultra HD e até mesmo com dados complexos baseados em inteligência artificial.

Site oficial: cartão microSD WD Purple

O cartão é otimizado para funcionamento ininterrupto, suportando uma rápida transferência de dados para sistemas centrais de processamento, onde os vídeos podem ser analisados.

"De Big Data e Fast Data a aplicativos centrados em dados, como vigilância, volume, velocidade, variedade e valor de dados, continuam a crescer e se transformar exponencialmente. Com base em nossas capacidades comprovadas em inovação de cartões de memória industriais e de consumo, o cartão Western Digital Purple microSD é a solução ideal para dados de vigilância comercial na ponta do sistema".
- Alexandre Jannoni, gerente geral da Western Digital Brasil

De acordo com a companhia, o dispositivo suporta até 1.000 ciclos PE, proporcionando melhor suporte para gravação contínua. Em câmeras compatíveis, o cartão apresenta um recurso de status de integriade, facilitando a manutenção do hardware.

O cartão WD Purple traz velocidades de até 80MB/s de leitura sequencial e de até 50MB/s em gravação sequencial. Ele será vendido em capacidades de 32GB e 64GB.

“Os sistemas de vigilância de hoje evoluíram de captura de vídeo de baixa resolução a redes massivas que capturam vídeo 4K e usam software de análise avançado para extrair novos valores de negócios a partir das gravações em vídeo. Isso levou a um aumento no volume e na velocidade dos dados de vigilância na ponta e gerou demanda por soluções de armazenamento que suportam os requisitos de desempenho de vídeo 4K, uma operação 24/7 e a transferência de vídeo para percepções inteligentes"
- Michael Palma, diretor de pesquisa na IDC

User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.