Intel quer avançar computação quântica com seu novo processador Tangle Lake

Intel quer avançar computação quântica com seu novo processador Tangle Lake

Tecnologia usa "bits quânticos" - os qubits - para fazer mais cálculos ao mesmo tempo

Durante a CES 2018, em janeiro deste ano, a Intel mostrou pela primeira vez o Tangle Lake, seu processador de 49-qubits feito para ajudar na computação quântica. Nessa semana a empresa dividiu mais algumas informações a respeito do componente, junto com algumas imagens:


A computação quântica vai ser determinante para o futuro do desenvolvimento da ciência e pesquisa, porque ela permite realizar cálculos imensos de maneira muito mais rápida, o tipo de problema que levaria dias ou meses até para os computadores tradicionais mais potentes conseguirem resolver. E tudo isso seria possibilitado porque o bit quântico - o qubit - permite fazer algo que o bit tradicional não consegue: ser duas coisas ao mesmo tempo. Enquanto a computação clássica exige que cada dado seja uma coisa, a computação quântica trabalha com os dados podendo ser várias informações ao mesmo tempo, aumentando demais o número de processos que podem ocorrer em paralelo.


A própria Intel reconhece que a computação quântica está em sua infância e que ainda levarão anos para ela começar a se popularizar. A empresa prevê entre 5 e 7 para ter um produto comercial, a adoção em larga escala exigiria mais tempo ainda - e muito mais qubits. O Tangle Lake conta com 49 qubits, algo muito distante ainda da necessidade prevista para um uso comercial.


Fonte: Adrenaline
User img

João Gabriel Nogueira

Previsões mostram que preços dos SSDs podem reduzir pela metade em 2019

Previsões mostram que preços dos SSDs podem reduzir pela metade em 2019

fabricantes já estão reduzindo os seus investimentos no setor de semicondutores


SpaceX lança com sucesso sua primeira missão de 2019 com o foguete Falcon 9

SpaceX lança com sucesso sua primeira missão de 2019 com o foguete Falcon 9

O lançamento conclui a parceria de dois anos da SpaceX com a Iridium


Rússia perde controle do Spektr-R, seu único telescópio no espaço

Rússia perde controle do Spektr-R, seu único telescópio no espaço

A vida útil do telescópio expirou em 2016, mas seu uso foi prolongado até o final de 2019


Samsung anuncia planos para produzir chips em 3nm até 2021

Samsung anuncia planos para produzir chips em 3nm até 2021

Novo processo de produção deve permitir smartphones ainda mais poderosos e eficientes


Elon Musk revela versão final do foguete Starship da SpaceX

Elon Musk revela versão final do foguete Starship da SpaceX

Espaçonave é um protótipo que participará de voos teste para futura viagem à Marte