Imagem chamada

Intel quer avançar computação quântica com seu novo processador Tangle Lake

Tecnologia usa "bits quânticos" - os qubits - para fazer mais cálculos ao mesmo tempo

Durante a CES 2018, em janeiro deste ano, a Intel mostrou pela primeira vez o Tangle Lake, seu processador de 49-qubits feito para ajudar na computação quântica. Nessa semana a empresa dividiu mais algumas informações a respeito do componente, junto com algumas imagens:


A computação quântica vai ser determinante para o futuro do desenvolvimento da ciência e pesquisa, porque ela permite realizar cálculos imensos de maneira muito mais rápida, o tipo de problema que levaria dias ou meses até para os computadores tradicionais mais potentes conseguirem resolver. E tudo isso seria possibilitado porque o bit quântico - o qubit - permite fazer algo que o bit tradicional não consegue: ser duas coisas ao mesmo tempo. Enquanto a computação clássica exige que cada dado seja uma coisa, a computação quântica trabalha com os dados podendo ser várias informações ao mesmo tempo, aumentando demais o número de processos que podem ocorrer em paralelo.


A própria Intel reconhece que a computação quântica está em sua infância e que ainda levarão anos para ela começar a se popularizar. A empresa prevê entre 5 e 7 para ter um produto comercial, a adoção em larga escala exigiria mais tempo ainda - e muito mais qubits. O Tangle Lake conta com 49 qubits, algo muito distante ainda da necessidade prevista para um uso comercial.


Fonte: Adrenaline
User img

João Gabriel Nogueira

Qualcomm Snapdragon 850, para notebooks always on, aparece em benchmarks

O chip foi anunciado pela Qualcomm na Computex


Samsung anuncia o primeiro modem 5G para dispositivos móveis, o Exynos 5100

Empresa afirma que este é o primeiro modem que alcança os padrões da 3GPP


Surgem novos detalhes não oficiais sobre o Kirin 980, processador topo de linha da Huawei

O chip vem para substituir o Kirin 970 e fazer parte do Huawei Mate 20


AMD lança os processadores de alto desempenho Ryzen Threadripper de 2ª geração

O modelo topo de linha conta com 32 núcleos e 64 threads


SSD em forma de régua Intel DC P4500 é o mais denso do mundo

Cada unidade do produto tem 32TB e 30 cm de comprimento