IBM apresenta blockchain para garantir procedência de jóias

Sistema usa técnicas de mineração para garantir qualidade dos acessórios

IBM apresenta blockchain para garantir procedência de jóias

A IBM criou um sistema de blockchain chamado TrustChain, que usa técnicas trazidas da mineração de criptomoedas para verificar a procedência de jóias.

A companhia de tecnologia está trabalhando com um consórcio que envolve empresas de todas as etapas do processo de produção. Isso inclui uma refinadora de metais preciosos (Asahi Refining), uma joalheria (Helzberg Diamonds), uma fornecedora de metais preciosos (LeachGarner) e uma fabricante global de jóias (The Richline Group).


 A TrustChain possui um mecanismo que permite que os participantes chequem a validade de cada transação. Se tiver alguma dúvida, os usuários podem clicar numa cadeia confiável e ver o que aconteceu de maneira imediata.

Normalmente, quando acontece algo do tipo, é necessário passar por grandes pilhas de papel para entender onde estava a falha. O novo sistema promete ser mais eficiente, reduzindo boa parte da papelada e digitalizando a maior parte das informações.


"O que estamos anunciando e trazendo estava sendo trabalhado há algum tempo. É a primeira capacidade de bloackchain de ponta a ponta da indústria que tem confiança em seu núcleo".
- Jason Kelley, gerente geral da blockchain na IBM

Os representantes da IBM reconhecem o hype que existe hoje em torno do termo blockchain, mas reforçam que o que realmente importa são as novas capacidades do sistema. Agora, as partes envolvidas na cadeia de operação podem compartilhar os dados numa rede com permissões específicas e que tenha certeza de precisão.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Tech Crunch
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.