União Europeia trabalha em lei que exige licença para uso recreativo de drones

União Europeia trabalha em lei que exige licença para uso recreativo de drones

Organização está trabalhando em regulamento para a tecnologia

Agência Europeia de Segurança da Aviação (EASA) está trabalhando em uma legislação que pode proibir o uso de drones de forma recreativa sem uma licença em países da União Europeia.

O site DroneDJ aponta que a Suiça também deve adotar a nova legislação, já que o país não faz parte da UE, mas costuma seguir alguns princípios legais feitos pela união econômica da Europa.

Atualmente, pessoas comuns podem comprar drones e utilizá-los de forma recreativa, como um hobbie, sem ter que fazer registros em países da União Europeia.


Com as novas regras, que devem começar a valer em 2019, os usuários de drones, tanto profissionais quanto amadores, terão que fazer um curso online para receber uma licença de pilotagem. 

19/04/2018 às 15:54
Notícia

Promoção relâmpago da DJI traz drone Mavic Pro com desconto

Preços especiais começam a valer neste fim de semana

Os pilotos terão que passar por um exame para adquirir a licença e, como era de se esperar, o procedimento é mais difícil e envolve mais teoria para quem pretende receber a carteira profissional.

Segundo apontam as informações do DroneDJ, o objetivo da nova legislação não é dificultar o processo de aquisição de drones, mas informar os pilotos sobre as noções básicas de segurança envolvendo este tipo de tecnologia.

Com a popularização dos drones, possivelmente veremos novas leis e regulamentações surgindo para tentar evitar problemas envolvendo a tecnologia, desde acidentes até invasão de privacidade.

Via: DroneDJ
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.