Galaxy S9 e S9+ usam sensores de foto diferentes dependendo da região

Galaxy S9 e S9+ usam sensores de foto diferentes dependendo da região

Dispositivos foram examinados a nível microscópio para encontrar diferenças

A Samsung está usando sensores de fotografia diferentes nos smartphones Galaxy S9 e Galaxy S9+, dependendo de onde o dispositivo for comprado. A equipe do site TechInsights analisou as peças a nível microscópico e descobriu que eles possuem designs diferentes.

Site oficial: Samsung Galaxy S9 e S9+

Os smartphones topo de linha da Samsung podem trazer tanto o sensor IMX345 da Sony — série que normalmente é utilizada pelas fabricantes Android — como o menos comum Samsung S5K2L3 Isocell Fast.

 

No final das contas, ambas as opções possuem um projeto de 3 camadas. Uma delas é o próprio sensor CMOS que  captura os pixels da imagem. Outra é o processador de imagem (da sigla em inglês ISP), que é o sistema responsável por converter esses pixels na fotografia que o usuário enxerga.

Para completar, os designs incluem um chip de memória DRAM, que é o que permite a gravação de curtos vídeos em super slow-motion (960 quadros por segundo).


A diferença mesmo é na maneira como estas partes estão dispostas através do sensor. No caso da Sony, a memória DRAM está entre o sensor CMOS e o ISP.


Continua após a publicidade

Já o caso do Samsung SK2L3, o projeto é mais parecido com o de um sensor tradicional de 2 camadas. O CMOS está ligado ao ISP, com o chip de DRAM conectado abaixo deles.

Via: GSMArena Fonte: Tech Insights
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

40 ATALHOS do WINDOWS 10 para você virar um EXPERT no SISTEMA OPERACIONAL

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.