Depois de quase comprar a Qualcomm, Broadcom se muda para os EUA

Depois de quase comprar a Qualcomm, Broadcom se muda para os EUA

Acordo foi barrado justamente pela Broadcom ser uma empresa baseada na Cingapura

A Broadcom terminou sua mudança para os EUA e agora a empresa é baseada em Delaware, com suas instalações sendo completamente movidas para San Jose. A companhia já tinha planos de se sediar completamente nos EUA, mas sua disputa para tentar adquirir a Qualcomm acelerou o processo, já que justamente o que fez o acordo ser barrado foi a base da Broadcom em Cingapura.

Originalmente, a Broadcom era uma empresa norte-americana, mas ela foi adquirida pela Avago, da Cingapura, em 2016. A Avago mudou então o próprio nome para Broadcom e a companhia resultante ficou "meio lá, meio cá". O tamanho e a importância da negociação com a Qualcomm despertou preocupações nas autoridades dos EUA, o que fez com que o presidente atual do país, Donald Trump, barrasse o acordo com base na "segurança nacional".

Agora que a Broadcom terminou sua mudança é possível que a empresa espere apenas terminar os trâmites burocráticos para que ela possa ser considerada 100% norte-americana antes de tentar comprar a Qualcomm de novo.

Fonte: Phone Arena
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.