Desenvolvedor da Ethereum considera mudanças de protocolo para dificultar mineração em massa

Desenvolvedor da Ethereum considera mudanças de protocolo para dificultar mineração em massa

Proposta impediria o uso de máquinas ASIC, dedicadas apenas à mineração de criptomoedas

A plataforma Ethereum pode sofrer importantes mudanças no seu protocolo de operação, com o objetivo de impedir o uso de máquinas ASIC (circuitos integrados de aplicação específica) recém-anunciados para mineração da criptomoeda Ether.

A proposta é do desenvolvedor Piper Merriam, que sugeriu o que é conhecido no meio das moedas virtuais como "hard fork". Isso significa promover mudanças que tornem válidos blocos ou transações que anteriormente eram inválidos no blockchain.

A preocupação surgiu depois que a fabricante chinesa Bitmain anunciou que está trabalhando no primeiro minerador ASIC para a plataforma Ethereum. Caso chegue ao mercado, há o risco do produto resultar na centralização da mineração de Ether.

Isso vai contra o documento oficial de fundação da plataforma Ethereum, onde o criador Vitalik Buterin explica ter tomado medidas para garantir a descentralização da moeda virtual.

Os desenvolvedores têm até julho para tomar uma decisão, que é quando a máquina ASIC da Bitmain chegará ao mercado. Seu preço sugerido será de US$ 800 (R$ 2,6 mil na conversão direta) por unidade.

Via: Tweak Town, Coin Desk
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

TUDO que o NVIDIA BROADCAST consegue fazer!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.