Xiaomi anuncia novo carregador wireless por cerca de US$15

Xiaomi anuncia novo carregador wireless por cerca de US$15

Dispositivo chega pela metade do preço de mercado de seus concorrentes

Recarregar o smartphone sempre foi uma tarefa incômoda e para a nossa alegria os carregadores sem fio estão se popularizando. Na madrugada de hoje, durante um evento em Shangai, a Xiaomi apresentou não só o novo Mi Mix 2S mas também este novo carregador de 75W por 99 yuan, que em uma conversão simples fica por cerca de US$15.


Segundo a empresa chinesa, seu novo smartphone, o Mi Mix 2S leva 3 horas para ter carga total com este carregador. Ainda que ele não seja tão rápido quanto outros do mercado, como o Samsung 9W Fast Charge ou o Anker Powerport de 10W, vale lembrar que a maioria de seus concorrentes chegam no mercado custando cerca de US$50. 

Via: Cnet, The Verge

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Samsung Galaxy Note 20+ pode vir com Snapdragon 865+, indica rumor

Samsung Galaxy Note 20+ pode vir com Snapdragon 865+, indica rumor

Benchmark do celular no Geekbench mostra que ele virá com um processador de maior desempenho


YouTube começa a testar o Shorts, novo rival do TikTok

YouTube começa a testar o Shorts, novo rival do TikTok

A novidade começou a chegar para alguns usuários do aplicativo


Update de abril para o Galaxy S20 melhora as câmeras dos celulares

Update de abril para o Galaxy S20 melhora as câmeras dos celulares

Atualização está sendo distribuída internacionalmente e traz também melhorias de segurança


Relógios para crianças Xiaomi Mi Kids Watch 4 e Watch 4 Pro trazem suporte para 4G e duas câmeras

Relógios para crianças Xiaomi Mi Kids Watch 4 e Watch 4 Pro trazem suporte para 4G e duas câmeras

Ambos possuem tela AMOLED e suporte para chamadas VoLTE


Galaxy S20 Ultra fica em 5º lugar no teste de áudio do DxOMark

Galaxy S20 Ultra fica em 5º lugar no teste de áudio do DxOMark

Ele ficou atrás de aparelhos como o Xiaomi Mi 10 Pro e o iPhone XS Max