Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, enfim comenta sobre o último escândalo da rede social

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, enfim comenta sobre o último escândalo da rede social

Executivo falou sobre que medidas estão sendo e serão tomadas para evitar isso no futuro

Mark Zuckerberg, criador e chefe do Facebook, finalmente se pronunciou a respeito do último escândalo da sua rede social, em que os dados privados de milhões de usuários foram obtidos por uma empresa terceirizada, a Cambridge Analytica, sem que essas pessoas soubessem. O executivo falou com diversos meios da imprensa como a revista Time e o jornal New York Times, além de fazer um post em sua página no próprio Facebook, com um longo texto a respeito do que aconteceu e quais medidas estão sendo (e serão tomadas) para evitar esse tipo de situação no futuro.

Resumindo o grande fluxo de informação que veio de Zuckerberg desde que ele começou a falar, o chefe do Facebook assumiu que foram cometidos erros, especialmente com o sistema que permitiu que a Cambridge Analytica conseguisse tantos dados. Através de um dos famosos "quiz" da rede social, o usuário aceitava fornecer seus dados, mas por tabela a empresa terceirizada teve acesso aos dados de todos os amigos dele também, que nem participaram do quiz e não sabiam que essas informações estavam sendo obtidas. Uma das primeiras medidas do chefe do Facebook foi desabilitar esse recurso, que ele admitiu ser um erro.

21/03/2018 às 18:08
Notícia

Cambridge Analytica, que usou dados do Facebook na campanha d...

Diretor da empresa declarou que o Brasil faz parte dos planos da companhia


Zuckerberg falou ainda de outras medidas que estão sendo tomadas, como a verificação espontânea de empresas que movimentem grandes volumes de dados de usuários. Agora, antes mesmo de haver alguma denúncia ou suspeita, o Facebook vai verificar a legitimidade das empresas que tenham acesso a um grande volume de informações privadas de seus usuários e as companhias que se negarem a colaborar serão imediatamente banidas. Além disso, empresas que ainda contem com acesso a dados que foi conseguido antes de 2014, quando já foram feitas algumas mudanças na política do Facebook, também serão verificadas.

O chefe do Facebook também prometeu a contratação de um número maior de pessoas envolvidas em operações de segurança da comunidade, com planos de ampliar o número de 15.000 funcionários para mais de 20.000 até o fim do ano. Uma informação um tanto inesperada veio em sua entrevista à rede CNN, em que Zuckerberg assumiu que não opõe totalmente a uma regulação do governo sobre a rede social, dizendo que "não tem certeza se não deveriam ser regulamentados". O executivo disse ainda que está disposto a testemunhar para o Congresso dos EUA a respeito dos vazamentos.

21/03/2018 às 13:14
Notícia

Co-criador do WhatsApp pede para usuários deletarem o Facebook

O ex-funcionário do Facebook se uniu à campanha contra a rede social


A campanha #DeleteFacebook que ganhou bastante espaço ontem, com adesão até de um dos criadores do WhatsApp, também veio à tona em uma das entrevistas com o executivo. Zuckerberg afirmou que não houve um número expressivo de pessoas realmente saindo da rede social, mas que o descontentamento e a desconfiança de muitos usuários ficou evidente para a empresa e não estão sendo ignorados.

Fonte: The Verge, Engadget, Facebook
User img

João Gabriel Nogueira

Xiaomi adiciona autenticação de dois fatores para contas Mi

Xiaomi adiciona autenticação de dois fatores para contas Mi

Opção de maior segurança estará disponível após um update para a MIUI10


Nova vulnerabilidade do Bluetooth, Knob Attack, deixa dispositivos abertos à ataques

Nova vulnerabilidade do Bluetooth, Knob Attack, deixa dispositivos abertos à ataques

Esse bug permite que hackers encurtem o código de criptografia e invadam os dispositivos


Vazam supostas especificações e imagens da GoPro Hero 8 e GoPro Max [RUMOR]

Vazam supostas especificações e imagens da GoPro Hero 8 e GoPro Max [RUMOR]

A GoPro Hero 8 vai gravar em 4K até 120fps e a Max deve substituir a atual GoPro Fusion 360


Whatsapp deve ter funcionalidade de Boomerang em breve

Whatsapp deve ter funcionalidade de Boomerang em breve

O aplicativo de mensagens do Facebook traz novidades para se manter forte contra o Telegram


Motorola One Zoom deve vir com Snapdragon 675 e quatro câmeras [Rumor]

Motorola One Zoom deve vir com Snapdragon 675 e quatro câmeras [Rumor]

Segundo vazamentos, o smartphone também teria bateria de 4000mAh e 6G de memória RAM