Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, enfim comenta sobre o último escândalo da rede social

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, enfim comenta sobre o último escândalo da rede social

Executivo falou sobre que medidas estão sendo e serão tomadas para evitar isso no futuro

Mark Zuckerberg, criador e chefe do Facebook, finalmente se pronunciou a respeito do último escândalo da sua rede social, em que os dados privados de milhões de usuários foram obtidos por uma empresa terceirizada, a Cambridge Analytica, sem que essas pessoas soubessem. O executivo falou com diversos meios da imprensa como a revista Time e o jornal New York Times, além de fazer um post em sua página no próprio Facebook, com um longo texto a respeito do que aconteceu e quais medidas estão sendo (e serão tomadas) para evitar esse tipo de situação no futuro.

Resumindo o grande fluxo de informação que veio de Zuckerberg desde que ele começou a falar, o chefe do Facebook assumiu que foram cometidos erros, especialmente com o sistema que permitiu que a Cambridge Analytica conseguisse tantos dados. Através de um dos famosos "quiz" da rede social, o usuário aceitava fornecer seus dados, mas por tabela a empresa terceirizada teve acesso aos dados de todos os amigos dele também, que nem participaram do quiz e não sabiam que essas informações estavam sendo obtidas. Uma das primeiras medidas do chefe do Facebook foi desabilitar esse recurso, que ele admitiu ser um erro.

21/03/2018 às 18:08
Notícia

Cambridge Analytica, que usou dados do Facebook na campanha d...

Diretor da empresa declarou que o Brasil faz parte dos planos da companhia


Zuckerberg falou ainda de outras medidas que estão sendo tomadas, como a verificação espontânea de empresas que movimentem grandes volumes de dados de usuários. Agora, antes mesmo de haver alguma denúncia ou suspeita, o Facebook vai verificar a legitimidade das empresas que tenham acesso a um grande volume de informações privadas de seus usuários e as companhias que se negarem a colaborar serão imediatamente banidas. Além disso, empresas que ainda contem com acesso a dados que foi conseguido antes de 2014, quando já foram feitas algumas mudanças na política do Facebook, também serão verificadas.

O chefe do Facebook também prometeu a contratação de um número maior de pessoas envolvidas em operações de segurança da comunidade, com planos de ampliar o número de 15.000 funcionários para mais de 20.000 até o fim do ano. Uma informação um tanto inesperada veio em sua entrevista à rede CNN, em que Zuckerberg assumiu que não opõe totalmente a uma regulação do governo sobre a rede social, dizendo que "não tem certeza se não deveriam ser regulamentados". O executivo disse ainda que está disposto a testemunhar para o Congresso dos EUA a respeito dos vazamentos.

21/03/2018 às 13:14
Notícia

Co-criador do WhatsApp pede para usuários deletarem o Facebook

O ex-funcionário do Facebook se uniu à campanha contra a rede social


A campanha #DeleteFacebook que ganhou bastante espaço ontem, com adesão até de um dos criadores do WhatsApp, também veio à tona em uma das entrevistas com o executivo. Zuckerberg afirmou que não houve um número expressivo de pessoas realmente saindo da rede social, mas que o descontentamento e a desconfiança de muitos usuários ficou evidente para a empresa e não estão sendo ignorados.

Fonte: The Verge, Engadget, Facebook
User img

João Gabriel Nogueira

Co-Fundador do WhatsApp, Brian Acton sugere que você delete seu Facebook

Co-Fundador do WhatsApp, Brian Acton sugere que você delete seu Facebook

Para ele, rede social só é recomendada para quem quer ter propagandas "jogadas na sua frente"


Google Maps permite que você gerencie seu perfil a partir do app para Android

Google Maps permite que você gerencie seu perfil a partir do app para Android

Você não precisa acessar o site para editar seu perfil público


Vídeo promocional do novo Moto G8 vaza e revela o design do smartphone

Vídeo promocional do novo Moto G8 vaza e revela o design do smartphone

O lançamento oficial do aparelho deve acontecer em breve para o mercado brasileiro


Atualização do WhatsApp introduz novos controles de privacidade para grupos

Atualização do WhatsApp introduz novos controles de privacidade para grupos

Agora é possível limitar quem pode adicionar você a chats em grupo


Como impedir que o navegador Edge do Windows 10 salve dados de cartões de crédito

Como impedir que o navegador Edge do Windows 10 salve dados de cartões de crédito

Opção foi introduzida no Windows 10 v1803 e vem habilitada por padrão