Imagem chamada

Pai da internet expressa preocupação com grandes empresas como Google e Facebook

Segundo Tim Berners-Lee, internet pode ser usada como arma por grandes corporações

A rede World Wide Web completou 29 anos ontem, dia 12 de março, e Tim Berners-Lee, considerado o pai da internet que conhecemos hoje, publicou uma carta aberta falando de suas preocupações com a tecnologia.

Na mensagem publicada pelo The Guardian, Berners-Lee demonstrou receio com empresas que possuem grande poder na internet, centralizando o poder em suas plataformas e tornando a web menos "livre, aberta e criativa".

"Eles compram startups competidoras, adquirem inovações e e contratam talentos promissores. Adicione a essa vantagem competitiva os dados de usuários dados para eles e podemos esperar que os próximos 20 anos sejam bem menos inovadores que os últimos"

Segundo o "pai da internet", essa centralização também deve permitir que as empresas utilizem a internet como uma arma. "As ameaças à web hoje são reais–desde a desinformação e propaganda política questionável até a perda de controle sobre nossos dados pessoais".


Outro problema apontado pelo criador da web são as pessoas que ainda não tem acesso à internet. Segundo ele, cerca de um bilhão de pessoas ainda deve estar sem conexão até 2042.

“Não surpreende que é mais provável que você não esteja conectado se for mulher, pobre, viva em área rural ou em um país de baixa renda, ou represente uma combinação dessas características”, afirmou Berners-Lee. 

Você pode conferir todos os apontamentos de Tim Berners-Lee na postagem do The Guardian (em inglês);

Via: Engadget

Streaming representa 75% de toda a receita da indústria da música

Receitas com música nos EUA cresceram 10% e alcançaram R$ 18,7 bilhões


Amazon revela 12 novos produtos para levar Alexa ao carro e até ao micro-ondas

Empresa quer trazer internet das coisas para cada canto da vida do usuário


Amazon apresenta forno micro-ondas que vem com assistente de voz Alexa

É a Internet das coisas chegando em todos os eletrodomésticos


Google faz parceria com fabricantes para trazer Android para mais carros

Empresa quer dominar o segmento a partir de 2021


Análise em vídeo do Xiaomi Mijia Gimbal, estabilizador de filmagem que concorre com o DJI Osmo Mobile 2

Mostramos todos os detalhes, prós e contras do gadget neste vídeo