Imagem chamada

Facebook desiste de dividir Feed de Notícias em dois

Teste não agradou muito os usuários e empresa resolveu não mudar o layout

O Facebook desistiu de usar um design de dois Feeds de Notícia separados na plataforma. A rede social está oficialmente encerrando as interação do recurso "Explore Feed" por causa da reação negativa de usuários.

Para quem não acompanha as atualizações da plataforma, o Facebook tem experimentado duas versões diferentes de um recurso chamado "Explore Feed". O primeiro teste foi de uma guia dedicada que surgia com conteúdo de páginas e pubicações que o usuário não seguia, tudo com base no que o Facebook achava que eram os interesses do usuário


Já o segundo teste, que também foi confusamente chamado de "Explore Feed", foi testado em apenas seis países e dividiu o feed de notícias em dois: de um lado atualização de amigos e de outros atualização de páginas. O teste foi feito nos países  Bolívia, Camboja, Guatemala, Sérvia, Eslováquia e Sri Lanka.

O primeiro teste não recebeu tantas críticas, enquanto o segundo foi quase que um desastre. A maioria dos usuários rejeitou o novo layout da plataforma e o Facebook admitiu que foi uma escolha errada

Agora, a página principal do Facebook voltou ao normal nos países em que o novo design estava sendo testado. Os lugares que não receberam essa versão de teste continuam com o Feed de Notícias tradicional. 

Via: Mashable

Análise em vídeo do Xiaomi Mijia Gimbal, estabilizador de filmagem que concorre com o DJI Osmo Mobile 2

Mostramos todos os detalhes, prós e contras do gadget neste vídeo


Florianópolis terá Wi-Fi gratuito em 178 áreas públicas

A capital de Santa Catarina promete instalação dos pontos de internet gratuita até outubro de 2019


Mozilla Firefox lança versão que utiliza placa de vídeo para carregar páginas rapidamente

Segundo o desenvolvedor, essa mudança vai preparar o navegador para resoluções 4k


WhatsApp ganhará modo noturno, indica vazamento

Para a alegria de muitos usuários


Intel e Qualcomm se comprometem a oferecer suporte para Glow, inciativa AI do Facebook

Outras empresas como Marvell também se manifestaram a favor da plataforma