Banco do Brasil vai oferecer serviços via WhatsApp e Messenger

Banco do Brasil vai oferecer serviços via WhatsApp e Messenger

Inteligência artificial vai cuidar de atendimento ao cliente, transações bancárias e extratos

O Banco do Brasil anunciou que vai começar a atender seus clientes usando inteligência artificial nas plataformas WhatsApp e Messenger. Marcos Antônio Ascoli Mastroeni, diretor de novos negócios da empresa, disse que o atendimento ao cliente pelo WhatsApp deve começar a funcionar no primeiro semestre de 2018. Também será oferecido serviços como verificação de extrato de conta corrente, fatura, solicitação de segunda via e bloqueio do cartão de crédito no WhatsApp e Messenger do Facebook.

Para isso, a instituição bancária vai usar uma inteligência artificial desenvolvida pela IBM, a plataforma Watson. Essa IA é capaz de entender os questionamentos e pedidos do cliente como se fosse um atendente humano. A tecnologia também vai realizar as transações pedidas, e a cada interação, sua capacidade de aprendizado será melhorada. 

Inteligência artificial vai atender clientes e aprender a cada interação

É a primeira vez que um banco oferece esse tipo de serviço em aplicativos de terceiros. A finalidade é dar ao cliente mais opções para tirar dúvidas e solicitar serviços, além de verificar sua conta por meio de uma rede social ao invés do aplicativo do BB. Todas as transações e dados serão criptografados para garantir a segurança do usuário.

A princípio, o serviço será testado por um grupo selecionado de clientes e funcionários do Banco do Brasil. Depois de testadas, as funções serão disponibilizadas para todos os clientes do BB. 

Via: Canal Tech, Tech Mundo
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.