Senado cria Projeto de Lei para proibir a inclusão em grupos do WhatsApp sem autorização

Senado cria Projeto de Lei para proibir a inclusão em grupos do WhatsApp sem autorização

Se aprovada, nova lei também vai afetar páginas do Facebook e outras mídias sociais

Um novo Projeto de Lei pode proibir no Brasil a inclusão em grupos, páginas ou fóruns de redes sociais sem a prévia autorização do usuário. Isso significa que, se o projeto for aprovado, seus contatos vão ter que pedir seu consentimento antes de lhe adicionar a algum grupo no WhatsApp, por exemplo.

A responsabilidade seria da empresa responsável pela rede social, que deve criar mecanismos para os pedidos de autorização, como a implementação de um sistema de convite para o grupo ou página, por exemplo.

O projeto é de autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB - AM) e foi registrado como Projeto de Lei 347/2016. Ele já foi aprovado na primeira etapa e encaminhado para a Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática. Se ele for aprovado nessa segunda etapa, o projeto segue para o plenário, de onde, se não houver alterações, vai para sanção do presidente.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Olhar Digital
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O novo império da Microsoft após a compra da Activision Blizzard

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.