Snapdragon 670 terá apenas 2 núcleos de alto desempenho, revela código

Snapdragon 670 terá apenas 2 núcleos de alto desempenho, revela código

Chipset intermediário será feito no processo de produção mais moderno disponível

O chipset Qualcomm Snapdragon 670 — que pode estar presente em muitos smartphones intermediários premium em 2018 — teve suas especificações reveladas pelo site alemão WinFuture. Segundo a publicação, o processador vai abandonar a configuração octa-core de 4 núcleos de alto desempenho e 4 núcleos de baixa performance, que se tornou bastante popular desde 2015.

Ao invés disso, eles irão se aproveitar de uma nova solução chamada "multi-processamento heterogêneo". Ela permite algo que antes era impossível: ter 2 núcleos de altíssimo desempenho e 6 núcleos para eficiência energética. Com isso, a parte de alta performance do Snapdragon 670 terá a mesma arquitetura dos cores principais do Snapdragon 845 — a CPU mais avançada da Qualcomm.

O que isso tudo significa é que o processador para dispositivos intermediários terá um excelente desempenho na maioria dos aplicativos, pois estes 2 núcleos poderosos vão dar conta e sobrar para a carga de trabalho. Ao mesmo tempo, a solução permite que o chipset inteiro saia mais barato, já que ele vai trazer mais dos cores de baixa performance, que custam menos para serem produzidos.

A GPU do System-on-a-Chip (SoC) deverá ser bastante poderosa e se chamar Adreno 615. A expectativa é de que ela atinja frequências de até 700MHz, o que pode garantir uma performance próxima dos atuais topos de linha. Com isso, a performance em games deve evoluir de maneira considerável, em comparação com a geração anterior.

A Qualcomm não revelou a resolução máxima de câmeras suportada pelo processador. Apesar disto, o modelo de referência da empresa utiliza sensores de 13MP + 23MP. O chipset ainda suporta resoluções de até 2560 x 1440 (Quad HD), o que pode resultar no lançamento de aparelhos mais baratos com a resolução.

De acordo com o XDA Developers, o Snapdragon 670 pode ser apresentado oficialmente durante a Mobile World Congress 2018, no final de fevereiro. O chipset será feito no processo de produção mais moderno disponível, com litografia de 10nm. Todas as informações foram obtidas através do código-fonte do kernel do SoC.

Continua depois da publicidade

Via: XDA Developers Fonte: Win Future
Twitter atualiza design para computadores com novo modo escuro

Twitter atualiza design para computadores com novo modo escuro

Visual adota características da versão mobile; Confira o antes e o depois


Valor da taxa de cancelamento do Uber será variável a partir de agora

Valor da taxa de cancelamento do Uber será variável a partir de agora

Porém, há limites de valor mínimo e máximo para essa variação


Smartphone de entrada Nokia 2.2 é anunciado com pequeno notch e preço competitivo

Smartphone de entrada Nokia 2.2 é anunciado com pequeno notch e preço competitivo

Aparelho parte de US$ 140, mais barato que um Xiaomi Redmi 7A


Intel trabalha em sistema que imita o funcionamento do cérebro humano

Intel trabalha em sistema que imita o funcionamento do cérebro humano

Sistema tem o processamento equivalente a de 8 milhões de neurônios


Adeus, Qualcomm? Investimento da Xiaomi aponta novos planos de processador próprio da marca

Adeus, Qualcomm? Investimento da Xiaomi aponta novos planos de processador próprio da marca

Companhia lançou chip original em 2017, mas não apresentou novidades no setor desde então