Bitcoin continua descendo e chega aos valores na casa de US$ 7.000

Bitcoin continua descendo e chega aos valores na casa de US$ 7.000

Moeda desvalorizou 57% desde dezembro

A última semana marcou uma sequência de quedas no valor da Bitcoin, que continua desvalorizando: na manhã desta segunda-feira, a moeda estava sendo comercializada por cerca de US$ 7.500.

O valor é 57% mais baixo que o ápice da criptomoeda em dezembro de 2017, quando chegou a ser negociada por mais de US$ 19.000.

Na semana passada, as quedas foram explicadas pela insegurança do mercado com as criptomoedas. A maior tendência das finanças em 2017 está passando por regulações e até proibições.

Na sexta-feita, 2, grandes bancos como JP Morgan, Bank of America e Citigroup começaram a proibir que clientes comprem Bitcoin utilizando cartão de crédito.

No mesmo dia, Nouriel Roubini, economista que previu a crise de 2018, disse que a Bitcoin é "a mãe de todas as bolhas" e que o valor da moeda deve continuar caindo. "Está caminhando para zero."

O site Bloomberg aponta que existem mais de 1.300 criptomoedas no mercado atualmente e a maioria delas acompanha as mudanças sofridas pela Bitcoin. A Ethereum abriu o mercado hoje com uma queda de 5%, enquanto a Bitcoin Cash desvalorizou 13%.

Via: Bloomberg
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.