Imagem chamada

YouTube vai moderar seus canais mais populares manualmente

Mais de 10 mil funcionários com auxílio de IA vão fazer o monitoramento dos vídeos

O YouTube está planejando moderar e revisar manualmente os conteúdos publicados em seus canais mais populares. A medida é reflexo de vários vídeos publicados em canais com grande alcance que foram reportados e retirados do ar por conter alguma ofensa ou imagens "pesadas". A moderação será feita por funcionários com auxílio de inteligência artificial. 

Youtuber é condenado a pagar R$25 mil por fazer vídeo de IPTV

Os canais analisados serão aqueles com mais visualizações, listados como parte do "Google Preferred". Esses canais são classificados como "superiores" na plataforma, pois possuem spots publicitários e banners onde os anunciantes pagam mais justamente por serem os mais populares. 

A empresa anunciou no ano passado que iria contratar mais de 10 mil funcionários para fazer a moderação em sua plataforma. Os responsáveis por fiscalizar os conteúdos terão permissão para retirar vídeos do ar que violem as políticas de privacidade da empresa. Espera-se que essa medida diminua a publicação de conteúdos ofensivos e chocantes, como aconteceu nas polêmicas envolvendo os YouTubers PewDiePie e Paul Logan. 

Via: NeoWin

Carro elétrico Polestar 1 é apresentado no Salão de Genebra

Nova marca de veículos elétricos revela seu primeiro modelo


Bruno Mantecón é o novo presidente da Easy no Brasil

Mantecón atuava como diretor de operações da Easy desde 2016


Google Maps deve lhe dizer onde estacionar em breve, e também se vai ser difícil


LG registra o nome LG Q7 e aquece rumores sobre novo smartphone intermediário

Linha Q da LG é comumente utilizada pra smartphones com foco no custo-benefício


Panasonic revela na CES nova HUD pro para-brisa de carro baseada em Realidade Aumentada