Primeira especificação do 5G é aprovada e hardware compatível pode ser desenvolvido

Primeira especificação do 5G é aprovada e hardware compatível pode ser desenvolvido

Nova tecnologia deve ser implementada até 2019

A organização responsável por desenvolver os padrões de internet móvel, 3GPP, aprovou de maneira oficial a primeira especificação de internet móvel 5G.

Ela ficou definida como o padrão 5G NR (New Radio) durante uma reunião com as principais empresas interessadas. Isso inclui fabricantes de chipsets mobile, como Qualcomm, MediaTek e Samsung, e operadoras de telefonia, como AT&T, T-Mobile e SK Telecom.

Finalizar a especificação é um importante passo para a implementação de redes de internet móvel de próxima geração, permitindo que as empresas comecem a desenvolver o hardware e a infraestrutura necessária. A proposta é de que a tecnologia esteja disponível para os consumidores até 2019.


O espectro de bandas utilizadas pelo 5G será bem amplo, cobrindo frequências baixas (600MHz e 700MHz), intermediárias (3.5GHz) e altas (50GHz).

A 3GPP ainda não divulgou todas as especificações e todos os detalhes precisamente. Deveremos saber essas especificidades mais adiante, quando eles publicarem os documentos finalizados.

As empresas que estão representadas na reunião são: Huawei, Ericsson, Intel, Nokia, Samsung, AT&T, BT, China Mobile, China Telecom, China Unicom, Deutsche Telekom, Fujitsu, KT Corporation, LG Electronics, LG Uplus, MediaTek, NEC Corporation, NTT DoCoMo, Orange, Qualcomm, SK Telecom, Sony Mobile Communications, Sprint, TIM, Telefonica, Telia Company, T-Mobile USA, Verizon, Vodafone e ZTE.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Engadget
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Meta e o Metaverso: os planos de Zuckerberg para o futuro das redes sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.