Pesquisadores descobrem novo vidro que conserta sozinho com calor das mãos

Pesquisadores descobrem novo vidro que conserta sozinho com calor das mãos

Tecnologia pode ser o futuro das telas de smartphones!

Mais um ano, mais uma promessa de telas de celulares que podem se consertar sozinhas. Pesquisadores japoneses estão trabalhando num novo tipo de vidro que poderia ser o futuro dos displays para smartphones, sendo capaz de remendar rachaduras sendo aquecido apenas pelo calor das mãos.

De acordo com o The Guardian, o material em questão na verdade é um polímero chamado "poliéter-tioureia", que teria sido descoberto por acidente. A história é que um estudante da Universidade de Tóquio chamado Yu Yanagisawa estava preparando o material para ser usado como cola, mas descobriu que alguns pedaços do polímero se uniam depois de ser comprimidos por 30 segundos a 21ºC, uma temperatura bem abaixo da média do corpo humano. Depois de se unir, o material formava uma placa resistente. Assim, é possível fazer, por exemplo, uma tela de celular que teria o mesmo comportamento apenas sendo comprimida com as mãos por alguns segundos.


Agora a pesquisa está sendo liderada pelo Professor Takuzo Aida, com a promessa de oferecer soluções não só para smartphones, com ênfase na sustentabilidade de um vidro que não precisa ser jogado fora na primeira vez que é quebrado.

É importante ressaltar que telas que se consertam sozinhas estão sendo prometidas há um bom tempo e essa é apenas uma nova pesquisa num conjunto bem difundido. A LG já chegou a lançar um produto para o consumidor final, inclusive, o G Flex 2, que era capaz de fazer riscos desaparecerem sozinhos, mas não conseguia consertar danos mais expressivos como uma rachadura na tela.

Fonte: The Guardian
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Video mostra em 360º graus um laboratório de pesquisa contra o novo coronavírus

Video mostra em 360º graus um laboratório de pesquisa contra o novo coronavírus

Espaço na UFMG processa exames para tentar conter o aumento na demanda de hospitais públicos


Metade das empresas de pequeno porte dos EUA tem dinheiro para sobreviver 27 dias paradas

Metade das empresas de pequeno porte dos EUA tem dinheiro para sobreviver 27 dias paradas

Pesquisa de 2015 mostra como o coronavírus pode impactar a maior economia do mundo


Supercomputador da IBM aponta 77 drogas que podem virar remédio contra o coronavírus

Supercomputador da IBM aponta 77 drogas que podem virar remédio contra o coronavírus

Summit ajuda cientistas a encontrarem uma resposta mais eficaz contra o COVID-19


Nvidia dá assinatura gratuita do Parabricks a pesquisadores do Covid-19

Nvidia dá assinatura gratuita do Parabricks a pesquisadores do Covid-19

Software de sequenciamento de genoma para GPUs acelera o processo para entender mais sobre o novo coronavírus


Próteses robóticas controladas de maneira intuitiva já são realidade

Próteses robóticas controladas de maneira intuitiva já são realidade

Pesquisadores da Universidade de Michigan desenvolveram método de implante de alta precisão