Várias placas-mães da MSI recebem BIOS especiais para minerar criptomoedas

Várias placas-mães da MSI recebem BIOS especiais para minerar criptomoedas

A MSI fez uma série de testes nos seus produtos e criou uma série de atualizações de BIOS para suas placas-mãe que têm como objetivo otimizar a mineração de criptomoedas.  

O interesse em utilizar os modelos da companhia com chipset de série 100 veio depois que a Intel acabou descontinuando placas-mãe das séries H81 e B85. Isso resultou numa falta de modelos para mineração no mercado.

Por causa disso, muitos usuários resolveram utilizar as placas Z170 e Z270 da MSI e colocar 6 placas de vídeo da AMD nelas. O problema é que, muitas vezes, 3 ou 4 dessas GPUs não eram reconhecidas adequadamente pelo gerenciador de dispositivos do sistema operacional. Portanto, elas acabavam não funcionando de maneira correta durante mineração.

É aí que entram as novas BIOS E7A71IMS.120 da MSI, que trazem como principal novidade melhorias no reconhecimento de dispositivos com interface PCIe. Foi adicionada, por exemplo, uma opção "above 4G decoding", que faz com que a placa-mãe consiga alocar recursos de maneira eficiente para 6 GPUs.

A empresa verificou que os seguintes modelos são apropriados para a tarefa: Z170-A Pro, Z170A SLI Plus, Z170 Krait Gaming, Z170A Krait Gaming, Z170A Krait Gaming 3X, Z270-A Pro e H270-A Pro.

Você encontra as novas BIOS no site oficial da MSI.

Polícia acaba com golpe de bitcoin que gerou R$ 1,5 bilhão em prejuízo

Polícia acaba com golpe de bitcoin que gerou R$ 1,5 bilhão em prejuízo

Cerca de 500 vítimas já foram identificadas


A evolução dos Snapdragon 800: conheça a plataforma topo de linha da Qualcomm! [ATUALIZADO]

A evolução dos Snapdragon 800: conheça a plataforma topo de linha da Qualcomm! [ATUALIZADO]

A linha conta com os melhores do mundo e os processadores estão nos principais aparelhos Android


Mercado de TI da América Latina deve ter aumento de 4,8% em 2020

Mercado de TI da América Latina deve ter aumento de 4,8% em 2020

Segundo a IDC, os investimentos do Brasil no setor chegarão a US$48 bilhões no próximo ano


CEO do Twitter vai morar na África em 2020:

CEO do Twitter vai morar na África em 2020: "é o continente que vai definir o futuro"

Executivo também comanda a plataforma de pagamentos Square


Transação de bitcoins correspondendo a US$310 milhões é feita por carteiras desconhecidas

Transação de bitcoins correspondendo a US$310 milhões é feita por carteiras desconhecidas

Os valores transferidos foram feitos pela baixa taxa de US$0,32 por moeda