Fornecedora da Apple em Taiwan nega suposto bloqueio de envio de peças

Empresa estadunidense reforçou o pedido para seus fornecedores seguirem os regulamentos chineses

Fornecedora da Apple em Taiwan nega suposto bloqueio de envio de peças
Créditos: Laurenz Heymann no Unsplash

Durante a sua visita a Taiwan, a presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, se reuniu com a atual presidenta de Taiwan, Tsai Ing-wen, e diversos executivos de empresas taiwanesas. Supostamente a China estaria retaliando essas empresas dificultando a entrega de remessas dos componentes para as fábricas da Apple, algo que foi desmentido pela fabricante estadunidense.

05/08/2022 às 09:00
Notícia

Próximo iPad básico pode eliminar a entrada para fone de ouvido

Se informação se confirmar, o iPad básico se junta aos outros modelos do tablet na ausência da entrada

Esse rumor da retaliação do país asiático tem como base a reunião de Pelosi com o chefe da Pegatron, uma das principais fornecedoras da gigante de Cupertino no país asiático. Na reunião também estava presente o fundador da TSMC, Morris Chang, e alguns convidados.

Mas segundo uma declaração da fornecedora para a Bolsa de Valores de Taiwan, a produção de iPhones nas fábricas da China não foram afetadas e suas remessas continuam normais. Isso significa que a Apple não deverá ter nenhum problema para produzir os novos smartphones da série iPhone 14, que deverão ser lançados em setembro.


Créditos: Reprodução / Saori Almeida

Segundo informações obtidas pelo portal Nikkei, apesar da produção dos seus aparelhos não ter sido afetada, a empresa estadunidense ressaltou o pedido para seus fornecedores cumprirem rigorosamente os regulamentos alfandegários chineses. A empresa afirma que as peças fabricadas em Taiwan devem ser importadas com o rótulo de feitas em "Taiwan, China" ou "Chinês Taipei", que é um rótulo que indica que a ilha é um território que faz parte da China.

Apesar de não estar fazendo barreiras econômicas contra as empresas taiwanesas e estadunidenses em seu território, o país asiático respondeu a visita da Nancy Pelosi realizando exercícios militares com munição real nos arredores da ilha.

04/08/2022 às 18:30
Notícia

Polícia Militar de São Paulo abre licitação de R$ 1 milhão pa...

Aquisição de aparelhos da Apple fazem parte de um processo modernização tecnológica da PM

Devido aos problemas geopolíticos da China, e sua guerra econômica com os Estados Unidos, a Apple vem buscando ampliar a sua produção para outros países. O foco da empresa é ser menos dependente das fábricas chinesas e atualmente já está expandindo a sua fabricação para o Vietnã e Índia.

Via: MacmacRumors Fonte: DigiTimes, Nikkei

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.