Foguete chinês descontrolado cai no Oceano Índico

É improvável que os detritos tenham caídos em alguma área povoada

Foguete chinês descontrolado cai no Oceano Índico
Créditos: Divulgação / CSNA

Relatamos na semana passada que o foguete chinês Long March 5B deveria cair descontroladamente na Terra. Agora os detritos reentraram na atmosfera durante a tarde de ontem (30) sobre o Oceano Índico, caindo possivelmente perto da ilha de Bornéu e da Malásia.

29/07/2022 às 22:50
Notícia

NASA encontra poços na Lua com temperatura "confortável&...

Descoberta abre perspectiva para novas explorações lunares

Segundo uma publicação da Agência Espacial Tripulada da China através do Weibo, o foguete reentrou na mesma área em que parte dele queimou. O Comando Espacial dos Estados Unidos confirmou essa informação, afirmando que os destroços entraram na atmosfera terrestre às 12h45 ET, às 13h45 no horário de Brasília.

Inicialmente alguns especialistas acreditavam que o foguete poderia cair em diversas partes do mundo, como em qualquer região do México ou no extremo sul do continente Africano. Agora o The Verge aponta que Jonathan McDowell, astrofísico do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics, afirma que os detritos caíram perto das cidades perto de Sibu, Bintulu ou Brunei, que ficam ao longo da costa leste do Bornéu. McDowell afirma ser “improvável” que o modelo tenha atingido o solo em uma área povoada.

Alguns usuários do Twitter na região (vídeo acima) gravam e publicaram o momento da aparente reentrada do foguete na atmosfera terrestre, com diversos deles acreditando que as luzes poderiam ser de meteoros:

Críticas para a missão chinesa

O foguete Long March 5B levou para a órbita terrestre o laboratório Wentien, um dos módulos da estação espacial chinesa — batizada de Tiangong. A missão foi um sucesso, mas o trajeto até lá, nenhum pouco. O estágio central do Long March 5B, maior parte do foguete, supostamente não possuía uma tecnologia de controle de reentrada.

Devido a isso a volta do foguete para a terra foi bastante preocupante para autoridades de boa parte do mundo, com o estágio central com um peso 25 toneladas correndo o risco de cair em áreas populacionais.

Continua após a publicidade


Créditos: Divulgação/CSNA

29/07/2022 às 14:48
Notícia

Cientistas sugerem que Monstro do Lago Ness pode ter existido...

Fósseis de pequenos plesiossauros deixam a existência de "Nessie" mais plausível

Riscos de lixos espacial atingir pessoas está aumentando

Um artigo publicado na revista científica Nature Astronomy afirma que a possibilidade de lixo espacial originados de foguetes causar uma vítima é de 10% para os próximos 10 anos. Com mais lançamentos espaciais acontecendo, a taxa deve até mesmo aumentar com o tempo. Ainda mais que não há previsão da nova onda da corrida espacial pisar no freio.

Fonte: The Verge, CSNA

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.