Vídeo mostra drone para passageiros pegando fogo durante teste

Acidente aconteceu por falha em regulador de corrente

Vídeo mostra drone para passageiros pegando fogo durante teste
Créditos: Drone XL

Um drone experimental da empresa americana Aura Aerospace, projetado para transportar uma pessoa, pegou fogo durante um voo de teste. O que deu início às chamas foi a falha de um regulador de corrente durante a frenagem regenerativa: quando os motores desaceleraram, um dos reguladores de potência explodiu, redirecionando a energia de volta para a bateria. 

O piloto, que também é dono e diretor da empresa, conseguiu sair da aeronave sem maiores complicações e aproveitou o incidente para enfatizar a importância de testar e certificar os componentes utilizados no voo elétrico.

O drone Guardian G1 eVTOL

O Guardian G1 eVTOL é um drone elétrico que pode voar por até 20 minutos com um piloto a bordo. Ainda em fase de testes – ainda bem –, a aeronave ainda não está disponível para compra, mas a empresa já aceita pré-encomendas. Quando estiver pronto para chegar aos consumidores, custará meros US$185 mil (aproximadamente R$955.932 na cotação atual).

As peças comerciais não são próprias para aeronaves elétricas

De acordo com o diretor da Aura Aerospace, Sam Thompson, alguns componentes, como transistores de alta potência e FETs (Transistores de Efeito de Campo) disponíveis comercialmente, não são adequados para aplicações elétricas aeroespaciais. Somente quando os controladores de energia certificados estiverem disponíveis, o voo elétrico poderá acontecer com segurança.

Ele questiona, ainda, se as autoridades de aviação estão propriamente equipadas para avaliar a confiabilidade de eletrônicos de alta potência, como FETs e transistores.

“Até que os FETs certificados pela aviação estejam disponíveis, eles não devem ser usados ??para levantar pessoas no ar”, disse Thompson.

Teste com carga

Para evitar mais acidentes ou até mesmo fatalidades, Thompson recomenda testar os drones com carga máxima, tanto quanto possível.

Continua após a publicidade

Segundo ele, já houve várias mortes nos testes de aeronaves elétricas. "Por favor, todos, provem que seu sistema funciona sob carga total, amarrado ao chão. Tenho a sorte de ter algumas queimaduras e inalação de fumaça. Outros não tiveram tanta sorte e fizeram o sacrifício final na esperança de levar a humanidade adiante em direção à aviação sustentável”, diz o diretor.

Fonte: DroneXL

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.