Funcionário de VFX da Marvel revela as péssimas condições de trabalho no MCU

Pressão do estúdio leva a carga de trabalho elevado, com equipe insuficiente e mudanças completas 1 mês antes do lançamento de filmes

Funcionário de VFX da Marvel revela as péssimas condições de trabalho no MCU
Créditos: Vulture/Disney Plus/Marvel/Reprodução

Os últimos lançamentos da MCU (Marvel Cinematic Universe) como Thor: Amor e Trovão, e o seriado She-Hulk, que estreia 17 de agosto no DIsney+ estão sendo alvo de maior escrutínio dos fãs, devido aos efeitos especiais que estão deixando a desejar. Dentre as inúmeras críticas ao roteiro do novo filme do Thor, que possui uma das piores avaliações no Metacritic e Rotten Tomatoes das produções do MCU, muitas pessoas apontaram que alguns dos efeitos de VFX (efeitos especiais aplicados na pós-produção do filme) resultaram em cenários de baixa qualidade.

Agora, o The Vulture publicou uma carta aberta e anônima de um dos funcionários de VFX que trabalham em estúdios de efeitos especiais, contratados pela Marvel para produzir os efeitos dos filmes. Longas horas de trabalho, equipes reduzidas, pressão da Marvel, medo de perder oportunidades de trabalho revelam as péssimas condições de trabalho dos estúdios contratados para trabalhar no MCU. Abaixo você confere a tradução na íntegra da carta aberta

Carta aberta do funcionário de VFX: "Nem todo cliente tem o poder de Bullying da Marvel"

É bem reconhecido dentro de todas as casas de efeitos especiais que trabalhar nos filmes da Marvel é difícil. Quando eu trabalhei em um filme, foram seis meses de horas extras todos os dias. Eu trabalhei sete dias na semana, em média 64 horas em uma semana boa. A Marvel realmente faz você trabalhar duro. Eu vi colegas próximos a mim desbarem e começarem a chorar. Eu vi pessoas tendo crises de ansiedade ao falar no telefone.

Onde eu teria uma equipe de 10 artistas de VXF em filme que não é da Marvel, no filme da Marvel eu tenho dois, incluindo a mim.

O estúdio tem muito poder sobre as casas de efeitos especiais, simplesmente porque tem muitos filmes blockbusters saindo um atrás do outro. Se você contrariar a Marvel, de qualquer forma, tem uma chance bem grande de não conseguir esses projetos no futuro. Então as empresas de efeitos especiais se curvam para manter a Marvel feliz.

Para conseguir o trabalho, os diferentes estúdios de efeitos especiais fazem um lance no projeto; todos estão tentando se sobressair sobre os lances de outros estúdios. Para a Marvel, os lances sempre saem abaixo do valor esperado, e a Marvel está feliz com esse relacionamento, porque eles economizam dinheiro. Mas o que acontece é que todos os projetos da Marvel apresentam falta de pessoal. Onde eu teria uma equipe de 10 artistas de VFX em filme que não é da Marvel, no filme da Marvel eu tenho dois, incluindo a mim. Então todo mundo está trabalhando mais do que deveria.

Outra coisa é que a Marvel é famosa por exigir diversas mudanças durante o processo. Então você já está trabalhando demais, mas a Marvel pede mudanças em excesso, muito mais do que qualquer outro cliente. E alguma dessas mudanças são enormes. Talvez um mês ou dois antes do lançamento, a Marvel nos fará alterar todo o terceiro ato do filme. O tempo de retorno é bem apertado. Então sim, não é uma situação muito boa. Uma dessas casas de efeitos especiais não conseguiu terminar a tempo o número de filmagens e refilmagens que a Marvel estava pedindo, então eles deram o trabalho ao meu estúdio. Desde então, essa casa foi proibida de conseguir novos trabalhos da Marvel.

Parte do problema é do próprio MCU, pela quantidade de filmes que tem. Eles escolhem datas e são super inflexíveis com essas datas. Ainda assim eles fazem refilmagens e grandes mudanças próximo as datas de lançamentos, sem alterar a data de lançamento. Essa dinâmica não é nova. Eu me lembro de ir a uma apresentação de um dos estúdios de VFX sobre um dos primeiros filmes do MCU e as pessoas estavam comentando sobre como estavam sendo ''Pixel-Fucked'' - termo utilizado quando o cliente reclama de todos os pixels. Mesmo que você não perceba, um cliente pode dizer ''isso não é o que eu queria'' e você continua trabalhando. Mas eles não fazem ideia do que querem, então eles ficam "você pode tentar isso? pode tentar aquilo?" eles vão querer que você mude um cenário inteiro, uma ambientação, bem perto do lançamento.

Continua após a publicidade

Um bom exemplo é o que acontece em um dos cenários da batalha no final de Pantera Negra. A física está toda errada....Parece um pouco caricato e quebra a linguagem visual do filme.

O principal problema é que a maioria dos diretores da Marvel não estão familiarizados com o trabalho com efeitos visuais. A maioria deles fez filmes pequenos para o Sundance Film Festival e nunca trabalhou com VFX. Eles não sabem como visualizar algo que ainda não está lá, que não está no set com eles. Então a Marvel costuma pedir o que chamamos de Renderizações Finais. Enquanto trabalhamos no filme, enviamos imagens em produção que não são bonitas, mas mostram aonde estamos. A Marvel pede que elas sejam enviadas em uma qualidade elevado muito cedo, e isso leva bastante tempo. Ela faz isso porque os diretores não sabem olhar as imagens e tomar decisões. Mas é assim que a indústria precisa trabalhar. Você não pode mostrar algo super bonito enquanto os conceitos básicos ainda estão sendo decididos.

Outro problema é que quando estamos em pós-produção, não temos um diretor de fotografia envolvido. Então nós criamos as tomadas a maior parte das vezes. Isso causa muitas incongruências. Um bom exemplo desses casos é o que acontece em um dos cenários de batalha no final de Pantera Negra. A física está toda errada. De repente os personagens estão pulando, fazendo esses movimentos como bonecos de ação no espaço. De repente a câmera faz movimentos que não aconteceram no restante do filme. Parece um pouco caricato e quebra a linguagem visual do filme.

As coisas precisam mudar dos dois lados do espectro. A Marvel precisa treinar seus diretores para trabalhar com efeitos visuais e ter um entendimento melhor, logo de cara. O estúdio também precisa trazer o diretor para perto para que se comprometam com o que realmente querem. Outra coisa é a formação de uma união de trabalhadores. Existe um movimento crescente para fazer isso, porque irá garantir que as casas de VFX não aceitem projetos sem avaliar quais serão os impactos. Porque na maior parte das vezes, é como, você está trabalhando em um show da Marvel, e você vai trabalhar por menos porque é legal.

Alguns dos problemas que eu mencionei são universais para todos os filmes e projetos. Mas você faz menos hora extra em outros shows. Você também consegue conversar mais com os diretores. Quando eles falam "Ei, eu quero isso", você pode: "Mas isso não faz sentido". Nem todo cliente tem o poder de Bullying da Marvel.

Como podemos perceber na carta aberta, parece que os problemas de relacionamento da Marvel com as casas de efeitos especiais são bem extensos e escancaram péssimas condições de trabalho, onde equipes pequenas precisam trabalhar de forma excessiva, sob o pulso firme da Marvel, que não quer alterar o seu cronograma. Tudo isso leva a trabalhadores insatisfeitos e problemas como os citados no filme do Pantera Negra. Também é importante ressaltar que essa não é a primeira fez que funcionários de efeitos especiais no geral, comentam de forma negativa como é trabalhar no MCU.

Fonte: The Ringer, The Vulture

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.