Grupo de WhatsApp faz brasileiros serem barrados na imigração nos EUA

Família brasileira tinha visto de turista e tentava entrar no país para viver ilegalmente

Grupo de WhatsApp faz brasileiros serem barrados na imigração nos EUA
Créditos: American Airlines

Uma família brasileira foi barrada na imigração dos Estados Unidos  por participar de um grupo em uma rede social. O caso aconteceu em abril deste ano. Depois de passar pelo México, o grupo foi para Boston, no estado de Massachusetts. Em terras norte-americanas, os brasileiros disseram aos agentes do governo que estavam no país a passeio e que viajaram durante 22 dias. Já haviam, inclusive, reservado hotel e carro para todo o período. Mesmo assim, a história não colou – foram chamados para a temida "salinha" de entrevista e questionados longamente.

Os agentes tinham prints

Após 14 horas no aeroporto internacional de Boston, os "turistas" tiveram seus vistos cancelados e foram deportados, além de serem proibidos de tentar o visto novamente no período de cinco anos. O motivo: a real intenção da família era viver ilegalmente nos Estados Unidos e os agentes souberam disso pelo WhatsApp. Os brasileiros fizeram parte de um grupo do aplicativo em que imigrantes que vivem em Boston relatam informações relacionadas a como viver de maneira ilegal no país, desde como fazer compras no supermercado até como matricular as crianças em escolas públicas norte-americanas. A explicação é do advogado Daniel Toledo, especialista em direito internacional.

23/07/2022 às 17:04
Notícia

WhatsApp mostrará quem saiu ou foi excluído em grupos nos últ...

Novidade será testada em breve na versão beta do app da Meta para iOS

No momento da entrada nos Estados Unidos, a família já não estava mais no grupo do WhatsApp, mas o cuidado de sair da conversa não foi suficiente. Os agentes estadunidenses tinham registros das conversas antigas e sabiam quais números de telefone estavam no grupo. 

De acordo Toledo, os motivos da negativa da entrada no país podem ser encontrados no documento Freedom of Information Act (FOIA) dos brasileiros, recheado de provas e prints do grupo do aplicativo em questão.

Moral da história

Não é uma boa ideia tentar enganar a imigração norte-americana. Não é nenhuma surpresa o fato de que os Estados Unidos fazem uma avaliação bastante criteriosa de quem tenta um visto de entrada no país. Agora, aparentemente, mesmo com o visto em mãos, a investigação continua e turistas podem ser barrados pelo que disseram nas redes sociais. 

Fonte: Melhores Destinos

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.