Projeto da Microsoft acelera o trabalho de IA para drones autônomos e táxis voadores

AirSim auxilia no treinamento dos modelos para que eles superem os desafios na vida real

Projeto da Microsoft acelera o trabalho de IA para drones autônomos e táxis voadores
Créditos: Imagem/ Divulgação Microsoft

A Microsoft apresentou uma plataforma baseada em Inteligência Artificial que deve contribuir para o treinamento de drones autônomos. Chamado de "Microsoft Project AirSim", o programa dá aos desenvolvedores um conjunto de ferramentas para a criação rápida de modelos de aprendizado de máquina com foco nos veículos autônomos aéreos. A companhia lançou oficialmente a AirSim no início desta semana, no Farnborough International Airshow, um evento dedicado ao setor aeroespacial. 

17/07/2022 às 11:10
Vídeo

DJI Mini 3 Pro: drone IDEAL para VIAGENS e REDES SOCIAIS [ANÁ...

Câmera de boa qualidade e versátil, sensores de obstáculos e funcionalidades automáticas são destaques

A plataforma é executada no Microsoft Azure, pacote de serviços em nuvem Microsoft, e com ela os usuários poderão construir, treinar e testar seus drones autônomos por meio de simulação de alta fidelidade, explica a companhia. 

"Nesses ambientes realistas, os modelos de IA podem percorrer milhões de voos em segundos, aprendendo a reagir a inúmeras variáveis como fariam no mundo físico: como o veículo voaria na chuva, granizo ou neve? Como ventos fortes ou altas temperaturas afetariam a vida útil da bateria? A câmera do drone pode ver os braços de uma turbina em um dia nublado tão bem quanto em um dia claro?", descreve a Microsoft. 

Como funciona o AirSim

Através do Projeto AirSim, a Microsoft fornece aos desenvolvedores de veículos aéreos autônomos uma biblioteca de ambientes 3D simulados que representam diferentes paisagens urbanas e rurais, para que os modelos de IA possam ser treinados e assim adaptados aos desafios reais que podem enfrentar. Além disso, a companhia também possui modelos de IA pré-treinados, que podem acelerar este processo de autonomia. 

Com isso, a empresa visa acelerar o desenvolvimento do voo autônomo. Já houve um acesso antecipado ao projeto AirSim por parte da Airtonomy, uma empresa de inspeção aérea. A Airtonomy tem utilizado o AirSim para treinar seus modelos e, através disso, tem conseguido realizar tarefas como inspecionar infraestruturas críticas em locais remotos utilizando seus drones autônomos, como uma turbina eólica, por exemplo, com segurança e agilidade, segundo o anúncio. 

As companhias interessadas já podem tentar um acesso a uma pré-visualização limitada, por meio de um contato com a equipe do AirSim

 

Fonte: Microsoft

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.