NASA divulga novas imagens do universo feitas pelo telescópio James Webb

Telescópio de US$ 10 bilhões capturou novas imagens coloridas

NASA divulga novas imagens do universo feitas pelo telescópio James Webb
Créditos: Nasa/Reprodução

Após divulgar o primeiro registro colorido do telescópio de US$ 10 bilhões James Webb, a NASA revela uma série de imagens coloridas das primeiras observações do telescópio espacial internacional. Durante a primeira fase do projeto, o telescópio James Webb está fotografando regiões do espaço escolhidas por um comitê de cientista da Agência Espacial Americana (NASA), Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Canadense (CSA).

De acordo com a NASA, a intenção das missões do James Webb é "transformar nossa compreensão do universo". As primeiras imagens, são duas fotografias da Nebulosa do Anel Sul, que de acordo com os cientistas pode representar o futuro do nosso Sol, que um dia se transformará em uma nebulosa - nuvem de gás em expansão que cerca uma estrela no fim da sua vida.

  • Nebulosa do Anel Sul

A NASA afirma que o telescópio James Webb será capaz de registrar com detalhes nunca antes vistos, as nuvens de gás e poeiras liberadas por estrelas no fim de suas vidas. Já a Nebulosa de Carina é considerada um 'berçário de estrelas' e é uma das maiores e mais brilhantes nebulosas presentes no céu, localizada a cerca de 7,6 mil anos-luz da Terra. " As nebulosas são berçários estelares onde as estrelas se formam. A Nebulosa de Carina é o lar de muitas estrelas massivas, várias vezes maiores que o Sol", afirmou a NASA.

  • Nebulosa de Carina

Por último, a Agência divulgou uma imagem de um composto de cinco galáxias (NGC7317, 7318A, 7318B, 7319 and 7320), chamado de Quinteto de Stephan. A formação astrológica foi descoberta pelo astrônomo francês Edouard Stephan, em 1877 e está localizado a mais de 290 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Pégaso. 

  • Quinteto de Stephan

Para astrônomos e entusiastas, as imagens reveladas não se de nenhum corpo celeste novo. Pelo contrário, o Quinteto de Stephan e as nebulosas são figuras conhecidas. A NASA afirma que essa é a primeira intenção do projeto. "A escolha desses objetos tem a ver com a ciência que o James Webb pretende fazer. Não são objetos desconhecidos, mas são objetos que cobrem diversas áreas de pesquisas para qual o telescópio foi projetado, desde planetas até objetos muito distantes do Universo".

O telescópio James Webb foi lançado em 2021 e é considerado o maior observatório espacial já construído. Durante sua missão no espaço, ele ainda irá capturar diversas novas imagens para ajudar cientistas a entenderem o funcionamento do universo. Abaixo, você confere uma imagem dos espelhos do telescópio durante sua fase de testes.

Continua após a publicidade

Fonte: ABC news, G1

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.