Facebook reduzirá exibição de conteúdo político no feed dos brasileiros

Mudanças que chegam três meses antes das eleições também serão aplicadas em outros países

Facebook reduzirá exibição de conteúdo político no feed dos brasileiros
Créditos: Imagem/ Reprodução Meta

Nesta quinta-feira (07), o Meta, empresa que dona do Facebook e outras plataformas de mídias sociais, anunciou que reduzirá a quantidade de conteúdo político no feed de notícias do Facebook. A alteração nas diretrizes de distribuição de conteúdo foi anunciada pela companhia através de um comunicado, e chega três meses antes das eleições presidenciais no Brasil, que acontecem em outubro deste ano. 

07/07/2022 às 12:21
Notícia

Nova inteligência artificial da Meta traduz 200 línguas em te...

Projeto "No Languange Left Behind" foi anunciado no início do ano

Segundo a empresa, a mudança atende um desejo dos usuários que foi captado por testes realizados desde o início de 2021. O Meta explica que os usuários desejam ver menos conteúdo político na plataforma e que esta alteração também será aplicada em outros países, entre eles Costa Rica, Suécia, Espanha e Irlanda. O Meta diz que não possui diretrizes específicas para o período eleitoral no Brasil. 

“Após testarmos esta mudança de ranking no Facebook no Brasil em resposta ao feedback das pessoas que queriam ver menos conteúdo político em seus feeds, a partir de hoje daremos menos ênfase a comentários e compartilhamentos para determinar a distribuição de conteúdo político no Facebook no país” informou a dona do Facebook, em comunicado (via CNN).

Medida atinge outros problemas 

Além de reduzir o conteúdo político aos usuários, atendendo uma demanda deles, o Meta explica que a alteração nas diretrizes também deve contribuir para reduzir casos como os de discurso de ódio e desinformação eleitoral. A companhia afirmou que há uma correlação entre estes pontos e conteúdos que violam as diretrizes da plataforma (via Folha de S.Paulo). 

Além do Facebook, o Meta ainda é dono de outras mídias sociais grandes, como o Instagram e WhatsApp, por exemplo. Não há informações, no entanto, de se a companhia pode expandir suas novas diretrizes a respeito de conteúdo político para outras de suas plataformas ou se ficarão restritas ao Facebook. 

Fonte: Folha de S. Paulo, CNN

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.