Google oferece US$ 90 milhões a pequenos desenvolvedores para encerrar disputa judicial

Esta é uma notícia positiva para os profissionais independentes; contudo, alguns problemas permanecem

Google oferece US$ 90 milhões a pequenos desenvolvedores para encerrar disputa judicial
Créditos: pixabay.com / ElisaRiva

Em 2021, desenvolvedores focados no ecossistema Android entraram com uma ação coletiva contra o Google. O motivo? Cerca de 48 mil demandantes alegaram que a megacorporação estava regulamentando as suas ações desproporcionalmente, causando prejuízos financeiros como resultado — a famosa “concorrência desleal”. Depois do conflito judicial, a gigante da tecnologia ofereceu US$ 90 milhões (~ R$ 480 milhões) para apoiar pequenos desenvolvedores norte-americanos, e também propôs algumas alterações para o ambiente disponibilizado na Play Store — a sua loja oficial na plataforma. 

25/10/2021 às 19:11
Notícia

Departamento de justiça dos EUA deve abrir processo antitrust...

Processo é respingo da batalha judicial com a Epic Games

A atitude que ocasionou o atrito foi quando o Google forçou o uso do seu sistema de pagamentos para os desenvolvedores — uma medida que beneficia apenas o lado comercial da grande empresa, e não os profissionais, que precisariam pagar 30% em todas as transações conquistadas. Os 48 mil que participaram da iniciativa receberão parte dos US$ 90 milhões, de acordo com Hagens Berman, famoso escritório de advocacia estadunidense.

Fora o valor pago, a corporação se comprometeu, ainda em 2021, a oferecer outra melhoria. Até os desenvolvedores conseguirem conquistar a marca de US$ 1 milhão com os serviços oferecidos, poderão usufruir de um encargo reduzido de 15% em receitas anuais. Dando continuidade às otimizações, foi mencionada a criação um projeto intitulado “Indie Apps Corner”. O objetivo alegado para a investida será “incentivar profissionais e startups independentes a criarem apps de boa qualidade”.

Liberdade para oferta de contratos via app

Além das mudanças explicadas, os profissionais terão a liberdade de oferecer, para os seus contatos obtidos por meio do app, opções de assinatura e/ou serviços com preços menores do que os encontrados na Play Store — que podem estar hospedados diretamente no site dos criadores. As mudanças implementadas a partir do Android 12, que visam facilitar a atuação de lojas de softwares concorrentes nos smartphones equipados com Android, deverão ser preservadas pelos próximos anos.

Engana-se quem pensa que problemas como esses são exclusivos dos atuantes do ecossistema Android. A Apple também está envolvida em um processo similar que pode movimentar até US$ 100 milhões (~ R$ 533 milhões), direcionado pelos pequenos desenvolvedores de software da plataforma da maçã — e está sendo igualmente encabeçado pelo escritório Hagens Berman. Apesar das notícias serem positivas, aparentemente, o criticado sistema de cobranças do Google e da Apple permanecerão, com uma atuação menos agressiva (até então).

Qual é a sua opinião sobre este tema? Compartilhe o seu ponto de vista nesta matéria e acompanhe as nossas redes sociais!

Via: theverge.com

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.