IBM está trabalhando em bateria com fluxo líquido que alimenta e resfria o processador

IBM está trabalhando em bateria com fluxo líquido que alimenta e resfria o processador

A IBM e a Universidade ETH Zurick estão desenvolvendo um novo tipo de bateria capaz de alimentar e resfriar um chip ao mesmo tempo.

A bateria de "fluxo Redox" utiliza um líquido eletrólito para conduzir energia. Atualmente, esta tecnologia é utilizada em larga escala para armazenar energia vinda de usinas solares e eólicas.

As pesquisas da IBM visam diminuir a escala de tamanho das baterias para que sejam utilizadas junto com processadores, o que permitirá a criação de sistemas mais autônomos e ainda mais compactos.

No estágio atual do projeto, os pesquisadores buscam dois líquidos capazes de se encaixarem na estrutura da bateria e que consigam dissipar calor e consigam conduzir mais energia.

Os pesquisadores utilizaram uma impressora 3D para moldar os canais de condução dos líquidos eletrólito na bateria, que são separados por uma membrana de segurança. "Somos os primeiros cientistas a criar uma bateria tão pequena que combina alimentação e resfriamento" comentou Julian Marschewski, no artigo sobre a tecnologia.

Como as pesquisas ainda estão dando seus primeiros passos, ainda não temos uma data para vermos a bateria que resfria sendo utilizada na prática. Saiba tudo sobre o projeto no site da universidade ERH Zurick.

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Redação MC

Redação do Mundo Conectado

FIM do BURN-IN? OLED EVO explicada + Garantia da LG + G1 vs C1

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.