Israel constrói arma a laser capaz de destruir foguetes e drones

País realiza diversos avanços tecnológicos militares

Israel constrói arma a laser capaz de destruir foguetes e drones
Créditos: Amos Ben Gershom/Assessoria de Imprensa de Israel

Autoridades de defesa de Israel afirmam terem obtido êxito no desenvolvimento e ume protótipo de arma a laser, capaz de derrubar drones e foguetes. Batizado como Iron Beam, as autoridades afirmam que os testes realizados no sul de Israel foram bem sucedidos. Governo também afirma que arma possui custo baixo e que cada disparo gira em torno de US$ 3,50.

Conheça a Xaver 1000, arma que pode "ver através das paredes"

O primeiro-ministro israelense Naftali Bennet descreve a arma como uma "virada estratégica" e promete "cercar Israel com uma parede de laser". Durante os testes o armamento foi capaz de destruir um foguete, um morteiro e também um drone, todos eles em pleno voo em distâncias de até 10km. Além da nova arma a laser, Israel recentemente também revelou a Xaver 1000, capaz de identificar a presença de pessoas através de paredes.

Com investimentos milionários em armamentos, Israel mostra que mais de uma década de investimento em pesquisas, estão dando resultados impressionantes. Abaixo, você confere o Tweet do primeiro ministro de Israel, onde ele afirma que o avanço tecnológico não é ficção, e sim, realidade.

Dos filmes de ficção para a realidade

Israel aparentemente é o primeiro país a desenvolver com sucesso uma arma a laser, mas com certeza não é o primeiro a buscar tal feito. Em 1983, o presidente Ronald Reagan, dos Estados Unidos, criou a Iniciativa de Defesa Estratégica, com intuito de criar armamentos capazes de derrubar misseis balísticos. Após mais de US$ 200 bilhões de investimentos e com poucos resultados, a iniciativa batizada de forma irônica como Star Wars foi abandonada em 1993.

Inclusive, Israel e Estados Unidos desenvolveram em conjunto o projeto Nautilus, que tentou criar um sistema laser de alta energia para destruir foguetes em pleno voo. Nautilus foi descontinuado em 2005, por ter apresentado resultados que não foram considerados satisfatórios. 

De acordo com Thomas Karako, membro sênior do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais de Washington, o Exercito americano também trabalha no desenvolvimento de armas a laser e prepara-se para implantá-las em seus navios. "Há muito trabalho promissor com laser em andamento. Isso não é mais ficção científica de ‘Star Wars’”.

Já o Iron Beam, apresentado por Israel, será um complemento a outros equipamentos do arsenal militar do país, que já inclui o chamado Iron Dome, um sistema de interceptações de mísseis de curto alcance, que funciona como uma 'redoma a laser' para proteger Israel. 

Continua após a publicidade

Autoridades de Israel planejam colocar o equipamento primeiro na faixa de Gaza e depois ao longo de todas as fronteiras hostis de Israel. Como, segundo o primeiro-ministro, cada disparo do Iron Beam custam cerca de US$ 3,50, a arma representa uma vantagem econômica para os custos militares em caso de conflitos prolongados. 

Via: Estadão, NYT

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.