James Webb: 12 dos 17 instrumentos estão prontos para operação

Telescópio enviará primeiros dados oficiais de pesquisa em julho

James Webb: 12 dos 17 instrumentos estão prontos para operação
Créditos: Divulgação/NASA

A NASA divulgou que 12 dos 17 modos dos instrumentos do Telescópio Espacial James Webb (JWST) estão aprovados para operação. O mais novo modo preparado para "iniciar os seus trabalhos" é a espectroscopia de objetos únicos do NIRISS, sigla em inglês para Espectrômetro Gerador de Imagem Próximo de Infravermelho — tradução livre. No dia 12 de julho a agência espacial americana revelará os primeiros resultados das capturas do JWST

23/06/2022 às 18:45
Notícia

NASA começa preparativos para missão Artemis I

Agência concluiu testes com foguete nesta semana

NIRISS — nome complexo, função fácil de entender

O nome deste instrumento do James Webb pode ser difícil de traduzir, mas a função do seu modo recém aprovado é bem tranquila de explicar. O modo será usado para observar a atmosfera dos exoplanetas — antes, durante e depois deles "eclipsarem" a estrela que orbitam. Os dados captadas pelo NIRISS são então analisados pela equipe em terra e é determinado se o planeta tem ou não uma atmosfera e, em caso positivo, do que ela é feita. 

O NIRISS foi fabricado pela Agência Espacial Canadense (CSA na sigla em inglês), umas das agências espaciais envolvidas no projeto do Telescópio Espacial James Webb — o outro órgão é a Agência Espacial Europeia (ESA). A ESA fabricou o instrumento NIRSpec e contribuiu para a produção do MIRI junto com a NASA e a Agência Espacial Japonesa. Já o NIRCam foi feito pela NASA.

James Webb: anos de produção até o lançamento

 

O projeto do telescópio James Webb foi desenvolvido pela National Aeronautics and Space Administration (NASA) em conjunto com as agências espaciais europeias e canadense. Inicialmente, era previsto para ter sido lançado em 2007. Mas alguns problemas atrasaram o lançamento do modelo, um deles foi o alto custo de produção do telescópio James Webb, que estava aumentando cada vez mais e, ainda em 2005, fizeram os engenheiros repensar o projeto original.

Em 2016 o telescópio foi declarado como pronto, mas novamente o seu projeto foi suspenso por complicações de construção e ficou assim até 2019, quando ele finalmente foi montado. Entretanto, devido a pandemia causada pela COVID-19, mais atrasos aconteceram até a NASA finalmente marcar o dia 18 de dezembro de 2021 para o lançamento.

30/05/2022 às 12:00
Notícia

Reservas de água na Lua? Vulcões antigos podem fornecer o pre...

O estudo foi publicado em maio no The Planetary Science Journal

Continua após a publicidade

Através dele os pesquisadores poderão observar ainda mais coisas do espaço, podendo ver algumas das galáxias mais antigas do universo e outros corpos celestes, como buracos negros.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.