Tesla: faltam mesas para retorno de trabalho presencial e WiFi está ruim

Após exigir fim de home office, Musk vê sua empresa sem infraestrutura para receber funcionários

Tesla: faltam mesas para retorno de trabalho presencial e WiFi está ruim
Créditos: Reprodução

Tesla está retomando o trabalho presencial na sua sede após uma exigência de Elon Musk, dono da empresa. Mas, de acordo com o The Information (via The Verge), a fabricante de carros elétricos não está nada preparada para esse retorno presencial dos funcionários. Falta vaga de estacionamento, não há mesas o suficiente para acomodar os funcionários e o Wi-Fi está "uma b*sta". 

25/06/2022 às 12:00
Notícia

Tesla: risco de espionagem faz China restringir veículos da f...

Elon Musk ainda não se pronunciou publicamente após a nova restrição

Funcionários demais pode explicar redução de 10% do quadro

The Information alega que a Tesla possui 99.210 funcionários (contando as fábricas e a sede executiva) — sendo que 10% serão demitidos nos próximos meses segundo o próprio Musk. A sede da empresa em Fremont é formada pelo prédio de escritórios e uma fábrica. Funcionários do escritório relataram ao veículo que não havia vagas para estacionar, sendo que alguns decidiram estacionar o carro em uma estação de metrô, nos arredores da fábrica, e usar o transporte público para chegar até a Tesla

E dentro do escritório não havia lugar para que alguns deles pudessem sentar e trabalhar. E qual foi a solução? Pedir que alguns funcionários voltassem para casa e trabalhassem de lá, justamente aquilo que Elon Musk não queria. Relatos recebidos pelo The Information explicam que a empresa modificou algumas áreas do escritório e não estava preparada para receber um quadro maior. Além disso, o WiFi na empresa estava ruim demais para que os trabalhadores realizassem as suas tarefas. Esses funcionários mereciam um acesso à Starlink em Fremont.

Elon Musk: inimigo do Home Office

No início do mês, dia 1º de junho, Elon Musk enviou um e-mail corporativo para os funcionários da Tesla avisando que os funcionários em home office da empresa deveriam voltar a trabalhar "no mínimo 40 horas no escritório ou ir embora". A declaração gerou descontentamento não apenas na fabricante, mas também com trabalhadores do Twitter — com medo que a mesma exigência passe para eles. 

Segundo o homem mais rico do mundo, o home office mata a criatividade e as pessoas fingem que trabalham — e quem não gostou do que ele disse pode ir "fingir que trabalha" em outra empresa. Entretanto, a popularização do trabalho remoto transformou essa ideia em um grande diferencial para diversos trabalhadores. Apesar de Musk dizer que home office não leva a grandes invenções, a tendência é que cada vez mais esse método de trabalho seja adotado. E a Apple continuou desenvolvendo o Apple Glass durante a pandemia.

Via: The Verge Fonte: The Information

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.