Meteoro atinge Júpiter e provoca maior clarão no planeta das últimas 3 décadas

Impacto aconteceu em outubro do ano passado

Meteoro atinge Júpiter e provoca maior clarão no planeta das últimas 3 décadas
Créditos: Divulgação/NASA

Um meteoro que atingiu Júpiter em outubro do ano passado pode ter sido o maior impacto ao planeta registrado nos últimos 28 anos. A afirmação foi feita por astrônomos e astrofísicos da Universidade de Kyoto em um estudo divulgado recentemente. Entretanto, o estudo ainda não foi revisado por pares — outros pesquisadores da mesma área. 

20/06/2022 às 16:30
Notícia

Júpiter tem restos de "planetas bebês" em seu interior

Durante sua formação, gigante gasoso engoliu pequenos planetas

Impacto em Júpiter foi visto por astrônomos amadores

Segundo a equipe responsável pelo estudo, o impacto causou uma explosão equivalente a dois milhões de toneladas de TNT — ou 2 megatons de TNT. Para compararmos, as bombas atômicas Little Boy e Fat Man, usadas em Hiroshima e Nagasaki no fim da Segunda Guerra Mundial, possuíam uma explosão equivalente a 15 kilotons e 20 kilotons, respectivamente. Já o evento de Tunguska, quando um meteorito explodiu na atmosfera acima de uma região na Sibéria, teve uma potência de 1 megaton. Este evento derrubou árvores em uma área de mais de 2 mil km². O impacto em Júpiter causaria uma destruição ainda maior caso acontecesse na terra. 

O estudo revela que a o meteoro media entre 15 a 30 metros de diâmetro e pesava 4,1 milhões de kg. O impacto deste objeto com Júpiter foi captado pela Câmera de Observação Planetária para Pesquisas de Transiente Óptico (PONCOTS), projeto voltado para a captura de impactos no maior planeta do Sistema Solar. De acordo com o site Space.com, astrônomos amadores também observaram o clarão gerado pela explosão em seus telescópios. Júpiter é um planeta facilmente observado da Terra em telescópios amadores, o que faz com que casos de "flashes" de impactos sejam avistados regularmente aqui da terra.


Créditos: Divulgação/PONCOTS.

Maior impacto em Júpiter aconteceu em 1994

Em julho de 1994, pela primeira vez na história, a humanidade registrou um impacto em "tempo real" um impacto entre corpos celestes fora da Terra. O cometa Shoemaker-Levy 9 colidiu com Júpiter e causou o maior clarão registrado até hoje. A força da colisão foi equivalente seis milhões de toneladas de TNT e deixou "cicatrizes" na atmosfera gasosa do planeta. Elas foram apagadas nos meses seguintes devido aos fortes ventos no planeta.


Créditos: Divulgação/NASA/Telescópio Hubble.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.