Júpiter tem restos de "planetas bebês" em seu interior

Durante sua formação, gigante gasoso engoliu pequenos planetas

Júpiter tem restos de "planetas bebês" em seu interior
Créditos: Divulgação/NASA

Os tempos atuais são uma boa época para acompanhar as grandes descobertas científicas — e o futuro promete muito mais novidades sobre os mistérios do universo. A mais recente descoberta revelou que Júpiter possui em seu interior diversos "planetas bebês" que foram engolidos durante a formação. O novo estudo, divulgado na revista Astronomy and Astrophysics, corrobora uma teoria sobre como o gigante gasoso atingiu o seu tamanho. 

07/06/2022 às 17:00
Notícia

Fenômeno raro no céu: 5 planetas estarão alinhados em junho

Alinhamento entre os planetas Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno poderá ser visto com mais cla...

Júpiter tinha fome na sua fase de crescimento

Dependendo da sua idade, você provavelmente viu as propagandas do Biotônico Fontoura. O suplemento alimentar "servia" para aumentar a fome daquelas crianças que eram "ruins para comer" (eu era um deles) e estavam em fase de crescimento. Júpiter não precisou de uma colher de sopa do Biotônico para adquirir o seu tamanho, só de vários planetesimais, corpos rochosos formados no início do Sistema Solar.  

E dos planetesimais que vem o "canibalismo" e fome de Júpiter por "planetas bebês". Esses corpos rochosos são o princípio de toda formação planetária no nosso Sistema Solar. Esses rochas foram se colidindo e geraram os planetas. Contudo, Júpiter foi absorvendo outros planetesimais conforme a sua gravidade ficava mais forte. Depois, gases remanescentes da formação do Sol foram capturados pelo agora gigante gasoso. E segundo o estudo liderado pela astrofísica Yamila Miguel, da Universidade de Leiden, na Holanda, esses "planetas bebês" foram absorvidos até mesmo após Júpiter se tornar gasoso.

Júpiter tem grandes quantidades de metais pesados

Os dados sobre o núcleo do planeta vieram da sonda Juno e Galileu. Devido a densidade da sua atmosfera rica em gases, é impossível detectar o material rochoso no interior do planeta com um telescópio. Os pesquisadores mediram o campo gravitacional de Júpiter para detectar onde está o material rochoso dentro do planeta. Os modelos apresentados mostram que a massa dos metais pesados é o equivalente a 11 ou 30 Terras — entre 3% ou 9% da massa de Júpiter

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Space
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.