Rover Perseverance fotografa rocha em forma de cabeça de cobra em Marte

Entenda como o procedimento é realizado no planeta vermelho

Rover Perseverance fotografa rocha em forma de cabeça de cobra em Marte
Créditos: Rover Perseverance / NASA / JPL

No último domingo, 12 de junho, o Perseverance, rover que está em uma missão em Marte desde 2021, capturou algumas fotos de uma formação geológica, similar a cabeça de uma cobra, que chamou a atenção dos pesquisadores. As imagens foram obtidas durante o período da missão chamado de “sol 466” (termo designado para os dias em território marciano). Outras pedras podem ser observadas na captura, como uma formação que conta com múltiplas camadas, acima da parte que se assemelha à “cabeça de cobra”, e um pedregulhos em um posicionamento curioso.

Possivelmente, essa região fez parte do antigo delta do rio que estava na parte inferior da cratera Jezero, localidade que o Rover pousou, quando chegou no planeta.

Inicialmente, o rover pousou em Marte no dia 18 de fevereiro de 2021, acompanhado do Ingenuity, helicóptero acoplado ao veículo de exploração espacial. O principal aspecto da missão é recolher amostras de solo para serem estudadas posteriormente ao longo dos próximos anos, e também procurar sinais perdidos de possíveis seres vivos que, supostamente, poderiam ter habitado a região. Até o momento, o helicóptero realizou mais de 29 voos sem quaisquer problemas; o rover já chegou ao ponto de conseguir escolher as melhores rochas para fotografar. 

(Fotos capturadas pelo Perseverance, com um pedregulho em uma posição que parece estar “equilibrado”, e a formação rochosa com formato de cabeça de cobra / Créditos: NASA/JPL-Caltech/ASU / space.com)

O sistema de seleção de itens de interesse automatizado é viabilizado pelo software Autonomous Exploration for Gathering Increased Science (AEGIS), criado no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL / Jet Propulsion Laboratory), da NASA, para outras missões. A SuperCam apresenta um sensor de luz visível e infravermelho (VISIR / Visible and InfraRed) e um espectrômetro conhecido como “Raman”.

Durante os seus ciclos, o AEGIS envia solicitações para a Navcam, a câmera de segurança do rover, capturar as imagens. Logo após, as fotos são analisadas em busca de formações rochosas, e priorizando determinados aspectos, como o seu brilho e tamanho. 

Continua após a publicidade

Roger Wiens, investigador principal da SuperCam, complementa:

Em seguida, ele inicia uma sequência em que o SuperCam dispara o laser para determinar a composição química de um ou dois alvos prioritários nas fotos da NavCam.

 

Quando o Perseverance escolhe os próprios alvos, o procedimento de observação acontece no dia seguinte. Wiens conclui:

“Se o rover escolha seus próximos alvos, ele pode disparar contra eles logo em sequência”.

10/06/2022 às 15:02
Notícia

Rover marciano Perseverance "adota" pedra como pet

Pedra entrou na roda do jipe e está passeando pelo planeta

Para os pesquisadores, um dos benefícios dos resultados das análises do SuperCam é a possibilidade de poderem observar, com agilidade, as composições químicas interessantes — com tempo de sobra para decidir se serão necessárias análises adicionais antes de continuar a exploração no planeta vermelho.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: br.financas.yahoo.com, space.com
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.