Tira-dúvidas: Elon Musk responderá perguntas dos funcionários do Twitter nesta quinta-feira

Bilionário participará de encontro virtual na rede para tirar dúvidas sobre aquisição

Tira-dúvidas: Elon Musk responderá perguntas dos funcionários do Twitter nesta quinta-feira
Créditos: Kristen Radtke / The Verge/ Getty Images

O CEO do Twitter, Parag Agrawal, enviou e-mail aos funcionários nesta segunda-feira (13), revelando que Elon Musk participará de um encontro virtual para tirar as dúvidas dos funcionários do Twitter sobre a aquisição da plataforma.

O e-mail foi acessado pelo Business Insider. Até o momento, Musk, CEO da Tesla e SpaceX, ainda não comentou oficialmente sobre a reunião. De acordo com o conteúdo divulgado, Agrawal afirmou que o encontro virtual acontecerá nesta quinta-feira (16). As perguntas precisam primeiro serem enviadas à ele - Parag Agrawal - para serem aprovadas, até a quarta-feira (15). A gerente de marketing do Twitter, Leslie Berland, será a moderadora da chamada e ficará responsável por ler as perguntas selecionadas para Elon Musk. De acordo com o CEO do Twitter, a reunião irá "cobrir tópicos e questões que foram levantadas no decorrer das últimas semanas".

As notícias sobre a aquisição do Twitter por Elon Musk, no valor de US$ 44 bilhões estão dando o que falar. Principalmente porque diversos posicionamentos do bilionário são considerados polêmicos e o próprio já ameaçou desistir da compra, o que vem gerando muita incerteza sobre o futuro da aquisição. Enquanto Musk exige querer saber o número de bots presentes na plataforma, funcionários estão preocupados com alterações nas políticas da empresa, incluindo a permissão para figuras como Donald Trump voltarem a postar na plataforma. 

Resta saber o quanto os conteúdos das perguntas será filtrado antes de encaminhado para Musk e se durante a reunião ele irá tocar em alguns dos temas mais polêmicos referente a como pretende conduzir a rede social. Para isso, precisaremos aguardar até esta quinta-feira para descobrir como será o desenrolar desse novo capítulo da conturbada aquisição do Twitter.

Elon Musk não quer mais trabalho remoto para funcionários da Tesla

Recentemente, dois e-mails de Musk vazados pela Bloomberg causaram bastante polêmica. No conteúdo enviado aos funcionários da Tesla, o CEO afirmava categoricamente que não queria mais os funcionários da sua empresa no trabalho remoto. Para ele, quem não concordar "deveria fingir trabalhar em outro lugar". Ele também afirmou que: "Se há algum contribuidor excepcional em particular para quem isto é impossível eu irei revisar e aprovar essas exceções diretamente".

Executivos da empresa devem ficar no mínimo 40 horas nos escritórios da Tesla e não escritórios remotos localizados em outros locais. O CEO também informou que quem não comparecesse, seria interpretado como renúncia. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: The Verge, Insider
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.