Ministério Público do Distrito Federal cria Unidade Especial de Cryptoativos

A unidade Crypto foi lançada oficialmente no dia 7 de junho

Ministério Público do Distrito Federal cria Unidade Especial de Cryptoativos
Créditos: pixabay.com

A Unidade Especial de Cryptoativos (Crypto) foi oficialmente lançada pelo Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT) na última terça-feira, 7 de junho. O acontecimento marca a estreia da primeira unidade especial de criptoativos dentro de um Ministério Público. Segundo nota oficial, o conceito empregado de ativos digitais abrange as representações de valores que apenas são válidas virtualmente, não sendo intermediadas pelo Banco Central ou por outras intuições financeiras.

Estas são as atribuições da unidade recém-lançada:

  • Criar treinamentos e manuais sobre os ativos digitais para o Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios, Poder Judiciário e polícias locais;
  • Dar suporte a promotores de Justiça, outros Ministérios Públicos e polícias do país em demandas que envolvam criptomoedas;
  • Gerenciar e operar ferramentas de rastreio de ativos nas blockchains adquiridas pelo MPDFT;
  • Promover ações que orientem a população sobre o uso seguro de criptomoedas.

(Créditos: pixabay.com / sergeitokmakov)A

No ano passado, o Ministério Público do Distrito Federal criou um grupo com promotores de Justiça, especialistas e procuradores para investigar as evoluções tecnológicas no segmento de ativos digitais e os impactos jurídicos que causam. Estudos sobre a criação de uma criptomoeda totalmente nacional estão sendo desenvolvidos, e veicularão mais informações em breve. Conforme publicado anteriormente por aqui, no Mundo Conectado, com o advento dos investimentos envolvendo criptoativos, a segurança dessas transações deve ser priorizada, pois muitos criminosos estão mirando em usuários dessa modalidade, dadas as altas quantias de dinheiro envolvidas.

08/06/2022 às 09:00
Notícia

Homem perde R$ 200 mil em Bitcoins após ter chip clonado e pr...

A operadora afirma que a corretora deve ser responsabilizada pelo ocorrido

Qual é a sua opinião sobre o posicionamento do MPDFT? Acredita que surtirá os efeitos desejados? E sobre o planejamento para viabilizar uma criptomoeda nacional? Compartilhe o seu ponto de vista nesta matéria, e nos acompanhe também nas nossas redes sociais!

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: tecmundo.com.br
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.