Fotógrafos de surf caem de barco; veja imagens impressionantes

Acidente aconteceu nas ondas perigosas de Teahupoo, no Taiti

Fotógrafos de surf caem de barco; veja imagens impressionantes
Créditos: Reprodução/SFRL Taiti

Os profissionais que trabalham no mar certamente estão em risco o tempo inteiro. E não são só os surfistas que estão frente a frente com o perigo. Os fotógrafos e cinegrafistas que trabalham neste ramo também estão, já que diariamente acompanham as fortes ondas ao redor do mundo. Na semana passada por exemplo, um acidente envolvendo um barco cheio de fotógrafos profissionais em surf aconteceu nas ondas de Teahupoo, no Taiti.

02/06/2022 às 14:00
Notícia

Inventor sofre queda de 15 metros de altura com seu Jetpack

Acidente aconteceu em um evento na costa oeste da França

No vídeo gravado no último sábado, dia 28 de maio, é possível ver que o barco passa pela primeira onda tranquilamente, porém uma segunda o atinge, fazendo com que o mesmo fique em uma posição quase vertical. Dessa forma é possível ver alguns dos profissionais caindo do barco. Veja o vídeo completo abaixo.

Felizmente, ninguém se feriu gravemente e apenas alguns equipamentos de câmera foram danificados de alguma forma.

O acidente

Muitas pessoas criticaram o posicionamento do barco na hora do acidente, ressaltando que a embarcação não deveria estar muito perto dos surfistas e entre outros questionamentos. Sobre isso, o fotógrafo profissional de surf Tim McKenna, que estava no barco no momento do acidente, explicou a situação.

"Estávamos no barco de pesca laranja Poti Marara capitaneado por Eric Labaste. Em Teahupoo, a situação atual é essa. As lanchas com fotógrafos profissionais, cinegrafistas e surfistas profissionais que fotografam a onda há anos estão sendo gradualmente empurradas em direção à onda por um número cada vez maior de barcos-táxi, jet skis, turistas e moradores locais que querem se aproximar da ação por um selfie ou stories.”, disse em uma publicação nas redes sociais.

McKenna continua a explicar: "Além disso, na maré alta alguns conjuntos quebram mais perto do canal comprimindo ainda mais a zona. O clipe mostra nosso barco sendo pego um pouco perto demais da primeira onda com João Vitor “Chumbinho” Chianca. Nada dramático, algo que Eric, eu e muitos outros profissionais experimentamos centenas de vezes nos últimos 25 anos. Conhecemos os riscos de fotografar em torno das ondas e estamos totalmente preparados."

Na publicação, o fotógrafo também revelou que um dos seus colegas de trabalho caiu no mar com a câmera na mão e que o motorista do barco poderia ter acelerado a toda velocidade na onda para contornar a situação, no entanto, ele sabia que isso apenas pioraria as coisas, já que um jet ski bloqueava a passagem logo a frente.

Continua após a publicidade

O profissional também revelou que quando a embarcação estava na vertical, seus colegas Chris Bryan, Ted Grambeau, Mendo De Dornellas, Natxo Gonzales, Aritz Aranburu e Jon Aspuru foram jogados na água. McKenna, Olivier Ravel, Eric Bernatet e Andrew Fierro conseguiram se manter no barco.

Ondas de Teahupoo

Com tamanho, potência e velocidade diferentes, as ondas de Teahupoo são conhecidas por serem as ondas mais perigosas do mundo e o local faz parte do circuito internacional de competições profissionais de surf e dos principais campeonatos de esportes.

Há diversas fotos do brasileiro João Chumbinho, que estava no momento do acidente, surfando nas ondas do local.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: DiyPhotography
User img

André Lindsay

Natural de São Paulo, André é um publicitário formado em 2020 que atualmente trabalha como redator nos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Além da paixão pela escrita e pelo mundo da tecnologia, um dos seus sonhos é se tornar dublador.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.