Carros eletrificados dominam as vendas do segmento no Brasil

Veículos com essas características ainda dependem de combustíveis tradicionais

Carros eletrificados dominam as vendas do segmento no Brasil
Créditos: neonseguros.com.br

De acordo com informações apresentadas pela Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), os automóveis híbridos não-plugin (HEV e MHEV) continuam liderando as vendas deste setor no Brasil. Para quem não conhece, HEV é um híbrido que a bateria do motor elétrico é alimentada pelo motor a combustão interna, sem a opção de recarregar na tomada — como é comum nos carros da Tesla, por exemplo. Já o MHEV é similar, com o motor elétrico sendo auxiliar, mas não é possível movimentar o veículo apenas com ele. Resumidamente: carros que, fatalmente, são abastecidos apenas em postos de gasolina, e não em tomadas — justificando o termo “eletrificado” para produtos com essas características.

Entre as fabricantes que se destacam, a Toyota está no topo com tranquilidade quando o assunto é dominar o nicho de híbridos não plug-in (HEV e MHEV). Confira as tabelas, de acordo com informações compartilhadas por este site:

Híbridos não plug-in (HEV e MHEV):

  • 1 — Toyota Corolla Cross: 5.240
  • 2 — Toyota Corolla Altis: 2.329
  • 3 — Kia Stonic MHEV SX: 331
  • 4 — Jaguar Land Rover Discovery D200 MHEV: 314
  • 5 — Mercedes C200 AMG Line: 274

Totalmente elétricos a bateria (BEV):

  • 1 — Volvo XC40 Recharge PE: 398
  • 2 — Volvo C40 P8 Recharge: 234
  • 3 — JAC e-JS1: 189
  • 4 — BMW Mini Cooper: 162
  • 5 — Fiat 500e Icon: 146

Híbridos plug-in (PHEV):

  • 1 — Volvo XC60: 638
  • 2 — BMW X5 XDrive 45E: 351
  • 3 — Jaguar Range Rover: 263
  • 4 — BMW X3 XDrive 30E: 248
  • 5 — Volvo XC90: 209

Dez primeiros:

  • 1 — Toyota Corolla Cross (HEV): 5.240
  • 2 — Toyota Corolla Altis (HEV): 2.329
  • 3 — Volvo XC60 (PHEV): 638
  • 4 — Volvo XC40 Recharge PE (BEV): 398
  • 5 — BMW X5 xDrive 45E (PHEV): 351
  • 6 — Kia Stonic SX (MHEV): 331
  • 7 — Jaguar Land Rover Discovery D200 (MHEV): 314
  • 8 — Mercedes C200 AMG Line (HEV): 274
  • 9 — Jaguar Range Rover (PHEV): 263
  • 10 — BMW X3 XDrive 30E (PHEV): 248

(Toyota Corolla Cross / Créditos: toyota.com.br)

Gradualmente, os carros elétricos puros estão ganhando terreno. Apenas no primeiro quadrimestre deste ano, foi registrado crescimento de 78% neste setor, quando comparado com o mesmo período de 2021. Os resultados reforçam as expectativas positivas da ABVE para a eletromobilidade no Brasil. Com aumentos constantes nos preços dos combustíveis tradicionais, entre outros problemas enfrentados pelos motoristas brasileiros, a migração para um carro que não dependa de gasolina e/ou álcool é atrativa para muitos na teoria, mas esbarra em problemas práticos, principalmente envolvendo um gasto considerável com veículos totalmente preparados para carregamento por tomada e com boa autonomia.

20/05/2022 às 18:00
Notícia

Senado Federal aprova projeto de incentivo ao desenvolvimento...

Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos afirma que Brasil precisa planejar o futuro da indústri...

Por mais que este seja um segmento que está sendo expandido aos poucos, já podemos ver os primeiros resultados dos investimentos das fabricantes. O que você acha dessas informações? Compartilha a positividade que a ABVE demonstrou? Deixe o seu ponto de vista nesta matéria e nos acompanhe nas redes sociais!

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: olhardigital.com.br Fonte: neonseguros.com.br
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.