Tesla: agência norte-americana recebe 758 relatos de problemas nos freios dos veículos da fabricante

A fabricante tem até o dia 20 de junho para responder as solicitações dos agentes

Tesla: agência norte-americana recebe 758 relatos de problemas nos freios dos veículos da fabricante
Créditos: comarketing-news.fr

A Administração Nacional de Segurança no Trânsito de Rodovias (National Highway Traffic Safety Administration / NHTSA), agência responsável pela segurança automotiva no território norte-americano, afirmou ter recebido 758 relatos de acionamento inesperado do sistema de freios dos carros da Tesla, empresa do famoso bilionário Elon Musk e muito conhecida no segmento de automóveis elétricos.

A companhia tem até o dia 20 de junho, segunda-feira, para responder às solicitações dos agentes, de acordo com a NHTSA na última sexta-feira (3). Em fevereiro deste ano, a agência abriu uma avaliação preliminar em 416 mil veículos de 2021 e 2022 da linha Tesla Model 3 e Tesla Model Y, nos EUA, após receber 354 queixas sobre o mesmo tópico nos últimos 9 meses. O acionamento inesperado está vinculado ao sistema de assistência ao motorista patenteado pela fabricante.

Esta função viabiliza que os carros dirijam e freiem automaticamente dentro das faixas rodoviárias. A notícia chegou em um momento agitado na história da empresa. Por um lado, temos resultados positivos, como a confirmação que a Tesla é a maior vendedora de carros de luxo dos Estados Unidos, detendo 21,8% do segmento inteiro e superando grandes concorrentes, como a BMW, Lexus, Mercedes-Benz e Audi. Definitivamente, não é nada fácil alcançar essa marca.

Contudo, algumas polêmicas estão perseguindo Musk nos últimos tempos, como os conflitos apontados pela internet, com os supostos e-mails que teria enviado para alguns funcionários, tentando limitar o alcance do trabalho remoto — uma modalidade difundida massivamente pelo mundo inteiro com o advento da pandemia e do isolamento social, principalmente entre 2020 e 2021. O magnata não negou ter enviado as mensagens para os seus funcionários, e em seguida foi alfinetado por algumas outras megacorporações, como a Amazon.

01/06/2022 às 13:15
Notícia

Elon Musk não quer mais funcionários da Tesla no trabalho remoto

Pelo Twitter CEO afirmou que quem discordar "deveria fingir trabalhar em outro lugar"

De toda forma, qual é a sua opinião sobre os problemas envolvendo os automóveis da Tesla, apontados pela NHTSA? Preocupantes? Dentro da margem de erro tolerável? Compartilhe o seu ponto de vista nos comentários desta matéria e participe também das nossas redes sociais!

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: cnnbrasil.com.br Fonte: comarketing-news.fr
User img

Guilherme Pinheiro

Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.