Hidrotrióxidos: nova substância é descoberta na atmosfera terrestre

Cientistas apontam que descoberta irá resultar em avanços científicos

Hidrotrióxidos: nova substância é descoberta na atmosfera terrestre
Créditos: Getty Images/Reprodução

Uma classe de composto químico altamente reativa foi identificada pela primeira vez na atmosfera terrestre: O Hidrotrióxidos. Os compostos são formados por três átomos de oxigênio ligados entre si (trióxidos), o que torna as moléculas ainda mais reativas do que os peróxidos, que são comumente encontrados na atmosfera. Pesquisadores da Universidade de Copenhaguen foram capazes de identificar o trióxido em condições atmosféricas normais.

O professor responsável pelo estudo Henrik Grum Kjærgaard, do departamento de química da Universidade de Copenhague afirma que o composto é único em sua composição e que apesar de altamente reativo é capaz de se formarem em condições atmosféricas normais. "Esse tipo de composto que descobrimos é único em sua estrutura. E, por serem extremamente oxidantes, eles provavelmente trazem uma série de efeitos que ainda temos que identificar".

Hidrotrióxidos ROOOH

Os Hidrotrióxidos (ROOOH, como é representado sua composição química) são formados após a decomposição de substâncias como dimetil sulfeto e isopreno e são uma classe inteiramente nova de compostos químicos. Apesar da sua alta reatividade, eles são relativamente estáveis, os pesquisadores mostraram que tais compostos podem durar de alguns minutos até algumas horas na atmosfera, o que permite que reagem com inúmeros outros elementos. Por isso, podem afetar tanto a saúde humana quanto clima global.

Porém, os pesquisadores são enfáticos ao afirmarem que os resultados da pesquisa não devem alarmar ninguém. Afinal, tudo indica que os Hidrotrióxidos sempre estiveram presentes na atmosfera, eles apenas nunca haviam sido identificados.

A coautora do estudo Eva R. Kjærgaard comenta que além de doenças respiratórias e cardiovasculares, os trióxidos podem representar danos ao clima "A luz solar é refletida e absorvida por aerossóis, isso afeta o equilíbrio térmico da Terra - ou seja, a proporção de luz solar que a Terra absorve e envia de volta ao espaço. Quando aerossóis absorvem substâncias, eles aumentam de tamanho e contribuem para formação de nuvens, afetando o clima". 

Os pesquisadores afirmam que os resultados encontrados no estudo são interessantes, apesar de serem altamente preliminares. Para eles, estudar os Trióxidos será importante para analisar os efeitos dos compostos químicos que emitimos. "A maior parte da atividade humana gera emissão de substâncias químicas na atmosfera. Então, o conhecimento dessas reações é importante para nos ajudar a prever como as nossas ações irão afetar a atmosfera e o futuro", comentou a coautora Kristan H. Møller.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Faculdade de Copenhagen
User img

Luiz Schmidt

Estudante de jornalismo na UFSC e Escritor. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Autor do livro Histórias de Amor Talvez Estranhas.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.