Qual é a chance de uma raça alienígena inimiga invadir a Terra? Estudo (realmente) responde

A chance é extremamente pequena no momento, mas ela existe

Qual é a chance de uma raça alienígena inimiga invadir a Terra? Estudo (realmente) responde
Créditos: Olhar Digital

A ficção científica está sempre trabalhando a ideia de uma raça alienígena hostil invadir a Terra, e atire a primeira pedra quem nunca questionou se isso poderia acontecer de verdade. O interesse no assunto foi tanto que uma pesquisa recente foi de fato dedicada a investigar qual a probabilidade de uma visita extraterrestre por aqui - e chegou a uma conclusão.

De acordo com esse estudo, chamado "Estimando a prevalência de civilizações extraterrestres maliciosas" em tradução livre, existe a chance de quatro entre os milhões de exoplanetas da Via Láctea serem a casa de outros seres vivos mal-intencionados que estariam cogitando nos atacar. Curiosamente, essa estimativa foi baseada na possibilidade de nós, seres humanos, invadirmos um exoplaneta desabitado. A primeira etapa do método de pesquisa consistiu em calcular a quantidade de países que invadiram outros entre 1915 e 2022, analisar a probabilidade de cada país realizar uma invasão com base na porcentagem de gastos militares globais e adicionar a probabilidade individual de cada país instigar uma invasão.

Na segunda etapa, o resultado do cálculo anterior foi dividido pelo total de países da Terra, o que se tornou "a probabilidade humana atual de invasão de uma civilização extraterrestre”. No momento, sem tecnologia suficiente para viagens interestelares, a raça humana tem 0,028% de chance de atacar uma raça alienígena.

Levando em consideração um artigo de 2012 que previa a possível existência de mais de 15.700 civilizações na Via Láctea, os cálculos finais afirmam que 0,22 destas civilizações do Tipo 1 na Escala Kardashev seriam hostis caso tentássemos entrar em contato com elas. O número sobre para 4,42 considerando povos que também não teriam capacidade de viajar pela galáxia agora. A Escala de Kardashev divide civilizações com base na energia que podem produzir, controlar e usar.  

08/05/2022 às 12:30
Notícia

Humanidade pode levar quase 400 mil anos para interagir com a...

Distâncias astronômicas dificultam contato com civilizações inteligentes - caso elas existam

Um ponto importante é que Alberto Caballero, astrônomo amador, estudante PhD em resolução de conflitos na Universidade de Vigo e autor deste e outro recente artigo que descreve o famoso sinal Wow!, já adianta que sabe das limitações do método escolhido, já que não sabemos como a mente de tais alienígenas funciona e temos que partir da vida como a conhecemos. Além disso, apesar de existir a chance, a possibilidade de realmente entrarmos em contato com os E.T.s hostis é extremamente pequena.

A pesquisa completa foi publicada no repositório arXiv, sem revisão de pares.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Vice
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.