Boeing e NASA concluem o primeiro voo teste da Starliner à ISS

Espaçonave pousou com sucesso no Novo México

Boeing e NASA concluem o primeiro voo teste da Starliner à ISS
Créditos: Joel Kowsky/NASA

A nave espacial CST-100 Starliner da Boeing pousou no campo de mísseis White Sands do Exército dos Estados Unidos no Novo México, ontem, às 17h49, horário local. O retorno seguro à Terra encerra com sucesso o voo teste não tripulado para a Estação Espacial Internacional (ISS), que foi realizado para comprovar a qualidade e o desempenho do sistema de transporte antes de iniciar os voos tripulados. 

22/05/2022 às 09:08
Notícia

Espaçonave Boeing Starliner é aberta na Estação Espacial Inte...

Missão de cápsula atinge seu objetivo e "recebe" astronautas pela primeira vez

Missão do Boeing Starliner durou 7 dias e teve resultados positivos

O teste de voo concluído teve início em 19 de maio com o lançamento da Starliner a partir do foguete Atlas V da United Launch Alliance, da Estação de Cabo Canaveral, na Flórida. Entre as capacidades que a nave espacial Starliner demonstrou, a Boeing destacou:

  • O desempenho de ponta a ponta do foguete Atlas V e da nave espacial Starliner desde o lançamento, subida, entrada em órbita, entrada na atmosfera e pouso;
  • O software autônomo da Starliner e a operação em órbita de seu sistema aviônico, sistema de acoplamento, sistemas de comunicação/telemetria, sistemas de controle ambiental, painéis solares, sistemas de energia elétrica e sistemas de propulsão;
  • Capacidade de manter o controle da atitude de acoplamento, receber comandos da tripulação da ISS e comandar avanços e recuos durante a aproximação final da estação;
  • Carregamento da bateria, abertura e fechamento da escotilha, estabelecimento da ventilação conjunta com a estação, transferência de arquivos e transferência de carga.

Boeing tem mais um teste antes de iniciar operações tripuladas para a NASA

Quando a Starliner completar seu próximo voo, a Boeing terá cumprido a meta da NASA de ter dois veículos comerciais para transportar astronautas de forma segura, confiável e sustentável para a estação a partir de solo americano. O outro veículo é o Crew Dragon, da SpaceX.

“Realizamos um excelente voo teste de um sistema complexo, com o qual aprendemos muito ao longo de toda a jornada”, disse Mark Nappi, vice-presidente e gerente do programa Starliner da Boeing. “Quero agradecer aos colegas de equipe da NASA e da Boeing pela dedicação ao programa Starliner. Com a conclusão do OFT-2, analisaremos as lições aprendidas e continuaremos trabalhando na preparação para o voo teste tripulado e certificação da NASA”, acrescentou Nappi.

Além dos resultados positivos do teste, a Boeing pode apagar o trauma das falhas anteriores. Em 2019, a fabricante realizou o voo OFT-1, que não conseguiu chegar na ISS. Em julho de 2021, um novo teste foi marcado, mas problemas em válvulas da Starliner impediram o lançamento. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.