Samsung continuará com o Exynos no Galaxy S23

Planos de abandonar o chip próprio para 2023 podem ser cancelados

Samsung continuará com o Exynos no Galaxy S23
Créditos: Divulgação/Samsung

E o "universo" de notícias sobre a Samsung parece estar em um "chove e não molha" quando se trata dos SoCs da sul-coreana. Recentemente, foi especulado que a fabricante utilizaria chips da Qualcomm e MediaTek na linha Galaxy S23. Agora é a vez do site holandês Galaxy Club publicar que sim, a Samsung usará um chip próprio na próxima geração de seus topos de linha. Seja com ou sem o nome Exynos

25/05/2022 às 12:05
Notícia

Samsung inicia vendas do smartphone Galaxy M23 5G no Brasil

Aparelho foi anunciado no último dia 17 junto com o Galaxy M53 5G

A volta do Exynos que não foram

Segundo o Galaxy Club, o novo SoC em desenvolvimento pela Samsung é identificado pelo número de modelo S5E9935, indicando que é uma sequência do Exynos 2200, cuja identificação é S5E9925. 

Caso seja confirmado a informação de um novo processador próprio, a fabricante sul-coreana mostrará resiliência em corrigir problemas (e críticas) recorrentes dos seus chips. O Exynos 2200 sofreu com problemas de temperatura durante o seu desenvolvimento, o que afetou a capacidade da sua GPU produzida pela AMD e gerou ao infeliz caso de throttling nos Galaxy S22 — que também afetou os modelos que utilizavam o Snapdragon 8 Gen 1.

Por mais que a principal culpa do throttling seja atribuída aos núcleos ARM, erros na criação do processador ajudaram a amplificar o problema. A solução a longa prazo da fabricante do Galaxy é desenvolver SoCs exclusivos para os seus smartphones topo de linha. Saiba mais a seguir.

Samsung seguindo Apple e Google

Com ou sem Exynos no Galaxy S23, os dias de smartphones Samsung usando chips da Qualcomm e MediaTek chegarão ao fim nos próximos dois ou três anos. Para ser mais preciso, em 2025, segundo Ice Universe, a fabricante lançará o primeiro processador dedicado aos smartphones Galaxy. Este primeiro CPU chegará para os flagships, a famosa linha S. Então é natural esperar que as outras linhas também serão, gradualmente, atualizadas com SoCs exclusivos para modelos Galaxy.

A fabricante sul-coreana seguiria os passos da Apple e Google, que já usam processadores exclusivos para os seus dispositivos. Todos os iPhones da atualidade usam o os SoCs A Bionic, enquanto os Pixels começaram a usar o chip Tensor no ano passado. Apesar de nenhuma empresa usar Exynos 2200, chip topo de linha da Samsung, a empresa produz a linha Exynos para empresas clientes. Na Ásia, alguns Motorolas e vivo utilizam o SoC sul-coreano. Entretanto, a concorrência já mostrou que fabricar processadores exclusivos para os smartphones é mais eficiente que um "geral" que possa atender outras marcas.


Créditos: Divulgação/Samsung.

Por ser uma informação muito recente, não dá para garantir se a Samsung manterá o nome Exynos nesse chip, mas não é a primeira vez que se fala sobre a possibilidade. Após os casos de throttling do Galaxy S22, a arquitetura ARM foi apontada como uma das causas, somada ao desenvolvimento "geral" do Exynos 2200 e do Snapdragon 8 Gen 1. Atualmente, é como se os smartphones fossem feitos para os SoCs. Com um processador dedicado, há uma integração maior na fabricação dos dois: o chip e o celular serão feitos de maneira otimizada. Em palavras românticas, como se eles fossem dar um match.

Continua após a publicidade

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Android Headlines
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.