Sonda Voyager I está perdidinha, perdidinha

NASA está investigando problema de comunicação da sonda

Sonda Voyager I está perdidinha, perdidinha
Créditos: Divulgação/NASA

A NASA divulgou recentemente que a sonda espacial Voyager 1, primeiro objeto fabricado pela humanidade que saiu do sistema solar e também o que se encontra mais longe da Terra, está passando por problemas. Segunda a agência espacial, a sonda espacial está enviando dados "estranhos" sobre a sua localização. Obviamente, teorias sobre alienígenas começam a surgir, mas isso não deve passar de um problema terrestre mesmo... Ou melhor, espacial. 

18/05/2022 às 16:44
Notícia

Espaçonave da Boeing pode ser lançada amanhã

Missão faz parte de testes da empresa para voar astronautas da NASA

Alguém me viu aqui? Eu também não vi ninguém

A equipe da NASA responsável pela missão Voyager 1 informou que a sonda está enviando dados errados em relação a sua movimentação e orientação. Esses dados são enviados pelo Sistema de Controle de Altitude e Articulação (AACS na sigla em inglês). Este equipamento é o responsável por posicionar a antena da Voyager 1 em direção à Terra, utilizando informações do espaço interestelar onde está localizado. Segundo a NASA, os dados recebidos não estão de acordo com o que de fato está acontecendo à bordo.

Mas há uma boa notícia nisso tudo, mesmo que ela esteja "perdidinha" sobre o que está fazendo, o fato de receber e enviar sinal de volta para a Terra é indicativo de que sua antena está posicionada corretamente. Assim como aquele caso do bêbado procurando a chave que está na sua mão. 


Na primeira foto, as posições relativas das sondas espaciais mais distantes da Terra. Na segunda foto, a Voyager I. Créditos: Divulgação/NASA.

Suzanne Dodd, uma das integrantes da equipe da missão Voyager 1 e Voyager 2, comenta que um "mistério como esse" está de acordo com o estágio no qual a missão se encontra. "Ambas espaçonaves têm quase 45 anos, que é bem mais do que os planejadores da missão imaginaram", disse Dodd. Apesar da idade, a Voyager 2 está funcionando normalmente, mas ela também não está tão distante como a Voyager 1.

Voyager 1 entrou no espaço interestelar em 2012

A Voyager 1 está há mais de 15 bilhões de quilômetros de distância da Terra. No espaço interestelar, onde ela está localizada, há uma enorme quantidade de radiação cujo impacto em espaçonaves é desconhecidos e a Voyager I ainda tem uma tecnologia de 45 anos atrás. Até que o problema seja resolvido ou compreendido, não há como saber se isso afetará o futuro da missão. De qualquer maneira, é esperada que ela se encerre em 2025.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Business Insider
User img

Felipe Freitas

Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia e adora jogos com histórias bem feitas. Não perde a chance de fazer uma Jojo Pose.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.